Surf Telecom lança MVNO e banda larga sem fio em Paraisópolis

Bairro é um dos maiores da cidade de São Paulo e possui em torno de 100 mil habitantes.

Foto: Vilar Rodrigo

A Surf Telecom acaba de lançar dois serviços exclusivos em Paraisópolis, um dos maiores bairros favelizados do município de São Paulo. O primeiro é um chip dedicado para a área e o segundo é uma rede FWA (Fixed Wireless Access), a primeira do país.

O “Chip de Paraisópolis”, é uma MVNO (Operador Virtual de Rede) exclusiva para o bairro, a partir de um contrato com a operadora TIM. Estima-se que o chip vá atingir mais de 50 mil assinantes.


Já a rede FWA é um sistema de banda larga sem fio operando na faixa de 2,5 GHz. A tecnologia utiliza as redes móveis 4G existentes para fornecer internet rápida para os moradores sem a necessidade de cabos.

Batizada de “Gatofy”, ela fornecerá acesso 100 Mpbs pelo preço de R$ 80. A ideia é oferecer um serviço barato e com a qualidade comparável a de uma rede de fibra óptica.

VIU ISSO?

–> Surf Telecom quer fechar 2019 com mais de 1 mi de assinantes

–> Surf Telecom anuncia serviço de conta digital para MVNOs

–> Surf Telecom ativa rede 4G em alguns pontos de São Paulo

“E não vamos entrar nessa disputa de preços promocionais que, no final, se mostram um embuste para o consumidor”, alegou Yon Moreira da Silva, CEO da empresa.

A Surf Telecom também planeja criar uma rede Wi-Fi em Paraisópolis, oferecendo conexão gratuita para o bairro. A ideia é fazer um acordo com a prefeitura para que a infraestrutura possa ser utilizada no do programa Wi-Fi gratuito da cidade.

Até o final do ano, a Surf Telecom pretende atingir mais de 1 milhão e meio de assinantes. A empresa conta em sua rede as operações dos Correios, Magazine Luiza, Century Link, Algar Telecom Celular, times de futebol, entre outras.

Com informações de TeleSíntese.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, FAÇA LOGIN para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de