Lançada nova versão do aplicativo Anatel Consumidor

Ferramenta facilita envio de reclamações e permite dar notas para as operadoras.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) lançou o novo aplicativo Anatel Consumidor, um canal de atendimento para que usuários possam enviar reclamações contra as teles ou solucionar dúvidas sobre a prestação dos serviços de telefonia, internet e TV por assinatura.

O app estava em testes nos últimos dias e foi anunciado oficialmente nesta terça-feira, 19, durante cerimônia em Brasília. O Anatel Consumidor substitui o antigo sistema Focus, que passou por um processo de evolução. Ele está disponível no iOS e Android.


A ideia da agência é utilizar o canal para melhorar a regulação do setor de telecomunicações. Com o envio das informações do consumidor o órgão pode avaliar a qualidade dos serviços prestados pelas operadoras.

Após uma reclamação enviada, as empresas têm até 10 dias corridos para responder à solicitação do consumidor. Uma novidade do aplicativo é que os usuários também podem dar notas de 1 a 5 para as operadoras, informando seu nível de satisfação quanto aos serviços prestados.

VIU ISSO?

–> Call Center da Anatel é transferido para Recife

–> Claro e Nextel recebem prêmio da Anatel

–> Anatel pretende criar selo de qualidade para telefonia móvel

“A Anatel trabalha na perspectiva de empoderamento do consumidor, razão pela qual temos um canal de atendimento para que registrem suas reclamações. Esse canal tem se revelado efetivo, mas precisávamos aprimorá-lo”, disse Leonardo Euler de Moraes, presidente da Anatel.

A agência recebe por ano uma média de 3 milhões de reclamações por ano. Além do aplicativo, é possível enviar queixas para a Anatel pelo site da agência ou pelo call center, no telefone 1331.

Com informações de Agência Brasil.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de