Apple TV+ estreia no Brasil com acesso em poucos dispositivos

Assinatura na plataforma tem custo de R$ 9,90. Confira a análise do Minha Operadora.

Divulgação Apple
Imagem: Divulgação Apple

Chega de promessas, é hora da entrega. Depois de muitos anúncios no mercado, a Apple foi a primeira a lançar sua tão especulada plataforma de streaming. O Apple TV+ foi disponibilizado nesta sexta-feira, 01, pelo custo de R$ 9,90 mensais.

A princípio, o acesso ainda é limitado. Usuários de iPhone e outros dispositivos da marca tiveram a liberação com antecedência, mas os demais usuários só puderam contratar e assistir conteúdos da plataforma na parte da tarde.


Alguns usuários de Android e Windows (via desktop) encontraram dificuldades para acessar no período da manhã, segundo relatos. O VOD está disponível apenas via navegador e o login para contratação ou cadastro gerava erros constantes.

Para alguns usuários, o portal da Apple apenas anunciava o lançamento e pedia o e-mail para envio de uma notificação, assim que o serviço estivesse disponível. Outros visualizaram a opção para iniciar o teste gratuito, mas o login na plataforma não funcionava.

Já os usuários do iPhone ou qualquer outro dispositivo da Apple acessavam normalmente o menu da Apple TV, com as séries do Apple TV+ disponíveis. Inclusive com episódios gratuitos.

Nossa primeira experiência com a plataforma foi via navegador. Ainda não dá para fazer grandes conclusões sobre o layout e a navegação. Afinal, o Apple TV+ conta apenas com oito produções disponíveis.

Mas a reprodução é rápida, com várias opções de áudios e legendas, além do HD com rápido carregamento. Usuários do Apple TV possuem acesso a outros conteúdos, mas precisam pagar por eles. Apenas os originais da marca são de livre acesso aos assinantes.

Acessibilidade

A falta de integração com outros dispositivos continua a ser um problema para a Apple. Um streaming para competir com Netflix e outros gigantes não poderia deixar de ter aplicativos em todos os sistemas operacionais.

Mas os usuários que tentarem buscar pelo aplicativo na Play Store não vão encontrá-lo, por exemplo. Também não há suporte ao Chromecast, mas é possível espelhar no acesso pelo navegador Google Chrome. Abaixo, os dispositivos com acesso ao Apple TV+:

  • iPhone, iPod touch, iPad com iOS 12.3 ou posterior
  • Apple TV 4K ou Apple TV HD com tvOS 12.3 ou posterior;
  • Apple TV – 3ª geração (Com a atualização);
  • Smart TVs compatíveis com o aplicativo da Apple TV (Modelos: Samsung FHD/HD séries 4 e 5 2018, QLED série 4K Q6, Q7, Q8 e Q9 2018/2019, QLED Séries 8K e Q9 2019, série The Frame 2018/2019, série The Serif 2019, série UHD 6, 7e 8 2018/2019);
  • Macs com macOS Catalina
  • Smart TVs com AirPlay 2 que suportam espelhamento de tela de dispositivos Apple (LG OLED 2019, LG NanoCell série SM9X, SM85, SM83, LG UM7X 2019, LG UM6X 2019, Samsung FHD/HD 4, 5, Samsung QLED 4K Q6, Q7, Q8, Q9 2018 e 2019, Samsung QLED 8K Q9 2019, Sony série Z9G, X950G, A9G, X850G e X950G 2019);

VIU ISSO?

–> Apple TV+ não é sobre vencer a Netflix, segundo Tim Cook

–> Apple TV+ é a nova aposta de streaming para rivalizar com a Netflix

–> Apple cogita comprar a Sony Pictures

Produções originais

A plataforma estreia com sete séries originais. Conheça:

Site da Apple
Imagem: Site da Apple

The Morning Show: Os bastidores de um programa matinal começam a ficar explosivos quando um âncora é demitida acusado de má conduta sexual e a diretora trava uma batalha com a novata que quer roubar seu lugar. A série é estrelada pelos aclamados Reese Whitherspoon, Jennifer Aniston e Steve Carell.

SEE: Jason Momoa, astro de Aquaman, estrela a produção que retrata um futuro distópico onde a população enfrenta a cegueira e precisou encontrar novos modos de sobreviver.

Dickinson: Um retrato sobre a vida da escritora Emily Dickinson, uma mulher em ascensão e com ideias muito progressistas para o século XIX.

For All Mankind: Em uma realidade paralela, a União Soviética venceu a corrida espacial e enviou o primeiro homem à Lua. A série aborda uma NASA derrotada, mas nunca desistente de estar à frente.

HELPSTERS: Série infantil da plataforma. Uma dupla de monstros forma uma equipe para dominar truques de mágicas e resolver uma série de problemas.

O Fantasma Escritor: A série juvenil do Apple TV+ mostra um fantasma que invade uma livraria e começa a libertar personagens fictícios para o mundo real. Um grupo de crianças se une para desvendar o mistério.

Snoopy no Espaço: Animação exclusiva do simpático personagem que conquistou gerações.

The Elephant Queen: Documentário sobre a vida selvagem de uma mãe elefante ao lado de seu filhote.

Há outras séries originais e filmes programados para estrear em breve na plataforma. Entre eles, uma série de terro do aclamado cineasta M. Night Shyamalan.

Repercussão

Nas redes sociais, é notória uma empolgação pelo streaming da Apple por conta das produções, com artistas que possuem uma grande base de fãs.

Entretanto, o acervo pequeno e a inacessibilidade são questões cobradas:

Estratégia

Apesar da estreia discreta, as ações da maçã (BVMF: AAPL34) alcançaram uma alta histórica e custam atualmente US$ 253,79.

O catálogo ainda é curto, mas a empresa aposta na liberação semanal de episódios para suas séries. Assim conseguirá fidelizar os assinantes para que eles não cancelem suas assinaturas. A grande aposta é o conteúdo.

Compradores dos novos iPhones e outros dispositivos Apple ganham um ano gratuito de assinatura da plataforma.

Com informações de Deadline

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

1
Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
1 Número de Comentários
0 Número de Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Comentário com mais interação
1 Autores de comentários
Clarice Oliveira Autores recentes de comentários
  Acompanhar esta matéria  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Clarice Oliveira
Visitante
Clarice Oliveira

Eu assinei pra ver Morning Show e o ep simplesmente parou 4 vzs. A tela ficava preta e eu tinha que sair e entrar de novo. Vou cancelar antes do sétimo dia grátis

Cidade - UF
bh