Curitiba promove coleta de lixo eletrônico

Ação ocorre no próximo sábado (5); podem ser descartados celulares, computadores, aparelhos de TV, entre outros dispositivos.

Neste sábado, 5, a Prefeitura de Curitiba-PR realizará um mutirão para que a população faça o descarte de lixo eletrônico. Quem tiver equipamentos velhos e sem uso em casa pode ir até os parques Barigui, São Lourenço, Bacacheri ou em frente ao Jardim Botânico para fazer o descarte.

A ação ocorrerá entre às 9h e 15h. Podem ser entregues telefones, celulares, monitores, roteadores, rádios, caixa de som, entre outros aparelhos eletrônicos. Não existe um limite máximo de objetos.


A ideia do mutirão é fazer o correto descarte dos equipamentos que não funcionam mais. Muitos desses dispositivos possuem produtos e substâncias tóxicas que podem poluir o meio ambiente ou trazer riscos à saúde da população.

Elementos como chumbo, cádmio ou cromo, presentes nesses tipos de dispositivos, podem contaminar o solo, água e comida. Portanto, precisam de descarte correto.

VIU ISSO?
–> Claro, Vivo, Oi e TIM se comprometem com iniciativa ambiental
–> Internet supera indústria aeroespacial na emissão de CO2
–> Startup financiada pelo Instituto TIM vence prêmio da ONU

As associações do Programa Ecocidadão serão as responsáveis por receber e separar a partes plásticas dos equipamentos. Já os elementos tóxicos serão descontaminados por empresas especializadas.

Neste ano, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente ainda pretende fazer mais dois mutirões nos mesmos locais. O próximo ocorre em 2 de novembro.

Diante do aumento do número de dispositivos eletrônicos, a Organização das Nações Unidas (ONU) e a Organização Mundial da Saúde (OMS) tem feito vários pedidos aos países para criarem políticas para fazer o correto descarte do lixo eletrônico.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de