Empresas de pequeno porte conquistam vice-liderança em banda larga

Avanço das prestadoras pequenas no mercado de internet fixa é maior que o da Claro, atual líder.

Imagem: Pixabay

Quem ficou insatisfeito ou quis fugir dos problemas habituais que atingem grandes operadoras como Oi, Claro, Vivo e TIM, certamente encontrou uma opção. Prova disso é o crescimento gigante das empresas de pequeno porte no mercado de banda larga.

No comparativo com julho do ano passado, o aumento foi de 26,49%. O saldo final é de 1.815.963 contratos. A Claro, líder de mercado, cresceu 3,71%, um total de 341.423 clientes.


A operadora da América Móvil conta atualmente com 9.534.015 clientes. O que lhe garante uma participação de 29,74% no mercado de banda larga fixa. A terceira posição é da Vivo, que tem 22,90% e um total de 7.342.751 contratos.

Na quarta posição, surge a Oi, com 5.706.240 consumidores dos seus serviços. Com isso, a tele carioca fica com 17,80% do mercado.

VIU ISSO?
Fibra será o principal meio de internet fixa no Brasil em 2020
5G poderá substituir banda larga fixa residencial
Vivo apresenta rede 4G privativa para indústria 4.0

De volta ao comparativo com os números de 2018, a Vivo e Oi apresentaram reduções. A primeira perdeu 248.194 contratos (3,27%), enquanto a segunda viu sua base diminuir em 474.654 (7,68%).

Atualmente, as prestadoras de pequeno porte contam uma série de iniciativas da Anatel para a expansão dos serviços de internet. Uma delas é a simplificação das regras para a oferta de Comunicação Multimidia.

O Comitê das Prestadores de Pequeno Porte também foi um importante passo para o crescimento dessas empresas.

Com informações da Anatel

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

Deixe um comentário

avatar
  Cadastre-se  
Notificação de