Venda de smartphones tem queda contínua; 5G pode ser a salvação

Segundo previsões, os números cairão ainda mais até que venha o desenvolvimento e expansão do 5G.

Ilustração Smartphone
Imagem: Pixabay

É um cenário difícil de imaginar, mas os dados comprovam. A demanda por smartphones enfraqueceu no primeiro semestre de 2019, conforme uma pesquisa da Consultoria Gartner, que analisa vários setores da tecnologia.

Para os próximos meses, a previsão é de que a queda seja de 2,5%. A demanda deve ficar em 1,5 bilhão de unidades em 2019, de acordo com as projeções.


Entre os motivos para a queda no desempenho de vendas, a consultoria menciona o bloqueio à Huawei nos Estados Unidos. A marca se tornou a segunda maior fabricante de smartphones no mundo e se aproximou da líder de mercado, que é a Samsung.

Os ciclos de reposição cada vez mais maiores também estavam entre as principais causas apontadas pela Consultoria Gartner. A demanda pode ser ainda mais fraca no segundo semestre de 2019.

“Ciclos de reposição cada vez maiores e o bloqueio à Huawei para comprar de fornecedores dos Estados Unidos enfraqueceram a demanda por smartphones no primeiro semestre de 2019. Esperamos uma demanda ainda mais fraca no segundo semestre”, diz a Consultoria Gartner.

VIU ISSO?
Huawei apresentará smartphone 5G na próxima semana
Espectro do 4G deve esgotar até 2023, alerta Nokia
Até 2025, 5G estará em 60% do planeta

No Brasil, a baixa da economia pode afetar diretamente o consumo de smartphones por brasileiros. Entretanto, os hábitos também podem influenciar. Enquanto algumas pessoas investem nos intermediários e trocam de aparelho com mais frequência. Outras compram um top de linha e permanecem com ele por um período de dois a três anos.

A reposição de aparelhos continuará lenta em todos os segmentos. Dos tops de linha aos intermediários. Entretanto, as fabricantes já voltam suas atenções para as novas tecnologias, em especial o 5G.

As projeções apontam que as vendas vão crescer significativamente na segunda metade de 2020, graças ao desenvolvimento e expansão da rede 5G. A procura por smartphones devidamente adaptados para a conectividade de quinta geração vai direcionar o mercado.

Com informações da Consultoria Gartner e Convergência Digital

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

1
Deixe um comentário

avatar
1 Número de Comentários
0 Número de Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Comentário com mais interação
1 Autores de comentários
ReversoZN Autores recentes de comentários
  Cadastre-se  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
ReversoZN
Visitante
ReversoZN

Só diminuir os preços que vende xD

Cidade - UF
Belém-PA