Oi pretende fazer novo aumento de capital

É a segunda vez que a empresa brasileira amplia capital em 2019; intenção é financiar novos investimentos.

Ilustração, aumento de dinheiro.
Imagem: Pixabay

De acordo com informações divulgadas pelo colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, a operadora de telecomunicações Oi pretende fazer um novo aumento de capital ainda em 2019. A empresa já está no mercado em busca de um assessor financeiro, a proposta é elevar para R$ 2,5 bilhões.

O aumento já estava previsto no plano de recuperação judicial da empresa. Segundo as informações, a ideia é financiar novos investimentos para a companhia.


Será a segunda vez que a empresa realiza esse tipo de iniciativa no ano. O primeiro aumento foi de R$ 4 bilhões, também previsto no plano.

VIU ISSO?
– Oi Controle volta com oferta de 12GB por R$ 49,90
– Oi implanta fibra óptica de alta velocidade em mais uma cidade
– China Telecom é uma das interessadas na divisão móvel da Oi

Desde 2016, a empresa vive uma das maiores recuperações judiciais da história. As últimas novidades abrem espaços para especulações sobre os futuros investimentos da Oi.

Especialistas de mercado apontam que o melhor caminho para a empresa é vender a operação móvel e investir em sólidos produtos como banda larga fixa e TV por assinatura via fibra ótica. Afinal, o desenvolvimento nessa parte está avançado.

O leilão pelo 5G é previsto para o início de 2020, mas a Oi está atrasada em relação ao 4G. A companhia teria que fazer um investimento ainda maior se optasse em competir com as outras operadoras.

Outra solução seria compartilhamento de espectro com outras operadoras. É aguardar para ver quais serão os próximos passos da Oi para se reerguer no mercado.

Com informações do Jornal O Globo

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

2 Comentários

  1. A Oi poderia focar no fixo, manter a rede móvel como está e fazer acordos de MVNO com as concorrentes onde a cobertura celular é ineficiente já que isso é mais recorrente em interior onde as concorrentes alugam infraestrutura de fibra da Oi para entregar serviço de celular, não sei até que ponto a regulamentação permite mas seria uma boa essa troca já que celular não parece ser o foco da Oi pelos próximos anos.

  2. Olá, é fake news do lauro jardim. Em comunicado a oi diz que não contratou ninguém, segue fonte: [SUPRIMIDO]

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*