Nova lei de telecom promete expandir a banda larga no Brasil

Crescimento no número de pessoas que passaram a ter acesso à internet é significativo, mas baixo comparado a outros países.

Se pararmos para analisar o salto no número de residências conectadas no Brasil, o aumento é gigantesco. Desde 2005, fomos de 7,2 para 39,3 milhões de lares com banda larga fixa, segundo dados do IBGE.

Entretanto, na comparação com outros países, o número ainda é baixo. A conectividade nos países avançados chega a 83,8% da população. Nas Américas, estamos em 64,4%.

Em dados de 2017, vemos que 57,8% das residências no Brasil possuem acesso à banda larga fixa. Ou seja, os números ainda precisam subir, principalmente nas regiões que não possuem recursos para desenvolver a infraestrutura necessária e atrair empresas.

VIU ISSO?
– Anatel quer sugestões de ações de combate à pirataria em telecom
– Brasil teve R$ 30 bilhões de investimento das operadoras de telecom
– País pode ter cooperativas prestando serviços de Telecom

Para fazer esse número crescer, surge a nova lei de Telecom, que vai impulsionar uma expansão ainda maior da banda larga no Brasil.

O projeto de Lei 79/16 tem o objetivo de viabilizar os recursos que faltam para as regiões desconectadas ganharem acesso à banda larga fixa.

De acordo com as informações do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, a aprovação na Câmara já ocorreu. Agora, falta apenas a votação no plenário do Senado.

O regime das operadoras de telecomunicações deve mudar de concessão para autorização. O impacto causado pela lei será o fortalecimento da segurança jurídica para as empresas.

Para o Telebrasil, o ministro também reforçou a necessidade de mudar as atuais regulamentações. Há uma necessidade gritante de ter mais regiões do Brasil com acesso à internet, principalmente se levarmos em conta o avanço que isso pode trazer em várias outras áreas, além das telecomunicações.

Com informações do portal Terra.

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários