InícioTelefonia CelularSMS se mantém como canal efetivo de relacionamento com consumidores

SMS se mantém como canal efetivo de relacionamento com consumidores

Apesar das inúmeras opções de aplicativos para comunicação entre as pessoas lançados nos últimos tempos, o tradicional SMS ainda se mantém relevante no relacionamento entre empresas e consumidores. O canal se apresenta como uma forma de comunicação barata, direta e com alta taxa de leitura (estima-se que 90% das mensagens recebidas são lidas em até três minutos após recebimento). Por estar no mercado há décadas, a tecnologia se tornou muito usada no mundo corporativo. 

“No caso do WhatsApp, por exemplo, ainda será necessário um tempo para saber como será a reação e o comportamento do público em relação a esse recurso no relacionamento entre clientes e marcas. Existem levantamentos que apontam que o seu uso massivo na relação comercial pode fazer com que o consumidor acabe migrando para outros canais. Já o SMS já é um canal consolidado na comunicação com as empresas”, explica Paulo Gastão, CEO da PGMais, empresa de soluções em relacionamento para o mercado de cobrança.

Desenvolvida há mais de 25 anos, a tecnologia Short Message System (SMS) foi a primeira forma de troca de mensagens de texto por meio de aparelhos de telefonia celular e utiliza a mesma rede telefônica, que possui cobertura superior à rede de internet móvel (3G e 4G) em diversas partes do país. Também se destaca nessa preferência o fato de o SMS ser um dos canais digitais mais baratos e disponível em todos os aparelhos celulares, além de não cair em caixas de spam. Outra vantagem é a taxa de resposta do canal: de seis a oito vezes maior que o e-mail marketing, segundo reporte da Cellit.

Para Gastão, o SMS ainda é um dos meios mais procurados pelos clientes. Em 2018, de janeiro a novembro, a PGMais enviou mais de 1,5 bilhão de mensagens e a previsão para 2019 é ultrapassar a marca de 2 bilhões. “A empresa conta com uma plataforma que oferece higienização e bloqueios de contatos inválidos, o que acaba tornando o recurso ainda mais atraente porque gera maior efetividade, economia e poder de gestão para quem utiliza esse canal”, reforça o CEO.


VIU ISSO?

Para a área de cobrança, o SMS é um dos canais mais utilizados, com resultados expressivos e facilidade para o cliente. Uma das vantagens nesse sentido são os avisos de vencimento de fatura e negociação de dívidas. Para o executivo, o uso foi potencializado com as funções multímidia dos smartphones. “A opção de visualizar a fatura após acessar um link recebido por SMS torna a vida do cliente mais fácil, já que ele consegue entrar no aplicativo bancário e quitar o débito no mesmo ambiente. Essa conexão possibilita que tudo seja resolvido em minutos, com praticidade e segurança”, comenta Gastão.

Uso de SMS por negócios

De acordo com pesquisa realizada pela Commify com 686 empresas, cerca de dois terços das companhias na Europa estão utilizando o SMS como forma de relacionamento. Um dos motivos é o fato de todos os celulares (até os mais simples) possuírem a tecnologia embarcada, o que garante acesso à informação a todos os clientes. Para o CEO da Commify, Geoff Love, os consumidores acreditam no SMS como uma forma segura de se relacionarem com as empresas. “Nós veremos o SMS se tornar um canal mais centrado para negócios, enquanto a comunicação utilizando canais IP deve ser voltada a conversas com amigos e família”, explica Geoff.

Gastão também acredita que o SMS se destaca porque se tornou “diferente” de outros canais. “Recebemos menos mensagens por essa tecnologia do que por outros. Ou seja, acabamos prestando mais atenção até porque o conteúdo acaba sendo mais direto, devido às limitações de tamanho das mensagens, e com informações importantes”, finaliza o executivo da PGMais.

A tecnologia já conta com uma evolução, o RCS – Rich Communications Service –, que vai agregar os mesmos recursos disponibilizados por aplicativos como o WhatsApp, como o envio de imagens e áudios. A operadora Oi já está usufruindo desse canal de comunicação. A TIM e a Vivo também devem adotar ainda este ano.

Atu Será possível enviar imagens, áudios e mapas, além de permitir que os usuários participem de grupos de conversas e sejam informados quando alguém receber e visualizar o que foi enviado.

Redação Minha Operadora
O mais acessado site de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil. Mais de 17 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas vistas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários