Claro inicia venda do Galaxy Watch com 4G

Relógio traz funções como monitoramento dos batimentos cardíacos e atividades físicas.


A operadora Claro anunciou que começou a vender o smartwatch Galaxy Watch com 4G. A primeira operadora a oferecer o gadget no Brasil foi a Vivo.


Para oferecer a conexão 4G, o Galaxy Watch traz a compatibilidade com a tecnologia de SIM embarcado, o eSIM, que no caso da Claro é chamado de e-Chip


O Galaxy Watch está disponível para clientes Claro em duas versões, uma com caixa de 42mm (R$ 2,3 mil) e a outra com 46mm (R$ 2,5 mil).

O modelo com a caixa de 46mm oferece uma bateria de 472 mAh, com autonomia, de acordo com a Samsung, de até 16 horas de uso com uma carga. Já a versão do Galax Watch 4G com caixa de 42mm a bateria é de 270 mAh – autonomia de até 8 horas. 


O relógio inteligente também conta com proteção IP68 – podendo ser submerso em até 50 metros. Ele é capaz de monitorar monitorar batimentos cardíaco, a qualidade do seu sono, detectar automaticamente seis tipos de exercícios e registrar no aplicativo Samsung Health 39 atividades diferentes, como corrida, ciclismo e natação, além de receber e fazer ligações sem a necessidade do smartphone, devido a compatibilidade com o eSIM.

VIU ISSO?


A ativação do eSIM, ou e-Chip como a Claro chama, é feita nas lojas da operadora. O cliente faz o pareamento o Galaxy Watch ao celular via Bluetooth com o app Galaxy Wearable, em seguida o consumidor receberá um QR Code para concluir o processo de ativação.

Além do relógio, para o alinhamento com a rede da Claro ficar ativo, será necessário contratar o serviço Claro Sync, que custa R$ 29,90/mês – os três primeiro meses serão gratuitos, e ter uma assinatura Claro Pós.

About William Plaza
Levamos informação de qualidade sobre o setor de telefonia fixa, móvel, internet banda larga e televisão por assinatura para os milhões de brasileiros que a cada dia estão se conectando cada vez mais.

2
Deixe um comentário

avatar
2 Número de Comentários
0 Número de Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Comentário com mais interação
0 Autores de comentários
AnonimoHugo Autores recentes de comentários
  Cadastre-se  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Hugo
Visitante

Olha, é uma tecnologia muito interessante, mas muito caro para manter. Espero que com a popularização desse tipo de serviço, os custos se tornem mais viáveis. Wearables são interessantes, mas infelizmente nesse caso específico da Samsung, ainda é muito elitizado, precisa ficar com um preço mais popular para de fato valer a pena.

Anonimo
Visitante

Monitoramento da qualidade do sono ?
Estão nos chamando de burros ?
Se a bateria dura 8h ou 16h, a pessoa é obrigada a tirar do pulso e por no carregador. Quem vai dormir com ele no pulso com fio do carregador ligado ?