Pesquisa reforça problema com ‘créditos que somem’ no celular

Pelo menos oito em cada 10 entrevistados pelo Procon de Maceió afirmam que já tiveram saldo retirados da linha no exato momento da recarga.


Não é de hoje que os Procons (Programas de Proteção e Defesa do Consumidor) de diferentes estados brasileiros ficam de olho nos índices de satisfação da população em relação aos serviços oferecidos por operadoras.

Na última semana, a equipe do Procon de Maceió foi às ruas para levantar mais um índice especificamente da região. Para 700 consumidores da capital alagoana – de 18 a 60 anos -, apenas quatro perguntas foram feitas, mas suficientes para constatar grandes problemas.



Quando perguntado se o cliente já teve seus créditos retirados da linha assim que os comprou por ter um serviço não solicitado, 80% disseram que sim. Na pesquisa, 52% do total de respondentes têm um plano de dados pré-pago e 48% pós-pago.
Na pergunta “a quem você recorre quando precisa fazer uma reclamação sobre telefonia”, grande parte disse que diretamente com a operadora, representada por 62% do total dos entrevistados.

LEIA TAMBÉM:
Outros 29% procuram o Procon, 8% o site do Consumidor.gov e apenas 1% a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Em cinco meses, mais de 500 reclamações foram feitas ao Procon Maceió a respeito das operadoras de telefonia.
Sobre portabilidade numérica e problemas que fazem o consumidor trocar de operadora, 63% dos consumidores de Maceió disseram que sim, já mudaram de operadora por problemas não solucionados com o chip da antiga empresa. Somente 37% afirmaram que não.
Em Maceió, o Procon indica os números 0800 082 4567 ou 98882-8326 para quem precisar recorrer ao órgão, quando a irregularidade na linha não for resolvida diretamente com a operadora.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*