Claro e NET têm maiores velocidades no Brasil, segundo Speedtest

Velocidade de download da internet móvel da Claro é 47% mais rápida do que a média de todas as operadoras.

O Speedtest da Ookla, líder global em aplicações de testes de banda larga fixa e móvel, dados e análises, avaliou as marcas Claro e NET como as mais rápidas do Brasil. O prêmio Speedtest® “2018 Fastest Mobile Network”, com a melhor internet móvel, foi dado para a Claro.

A análise testa as conexões móveis e fixas de brasileiros pelo aplicativo ou site do Speedtest, e a Ookla considerou como critérios as velocidades de download, upload e latência das principais operadoras. Contaram tanto testes feitos pelos smartphones Android quanto iOS, e conexões com e sem fio, ou seja, via Wi-Fi.






Tanto no primeiro quanto no segundo trimestre de 2018, a Claro foi considerada a empresa do setor com internet móvel mais rápida, com média de velocidade de download de 26,71 Mbps. O número é 47% maior do que a média do mercado como um todo, que é de 18,18 Mbps.
Quanto à velocidade de upload, o resultado também foi 23% superior à média geral. A Claro apresentou 9,20 Mbps nesse medidor, enquanto as outras têm a média de 7,51 Mbps, conforme mostrou o relatório completo.
Apenas no segundo trimestre, em banda larga fixa, a média da NET foi 33,60 Mbps na velocidade de download, resultado 51% maior do que a média de mercado, de 22,25 Mbps.
LEIA TAMBÉM:
O presidente da Claro Brasil, José Félix, comentou o marco da empresa: “Receber este reconhecimento da Ookla, empresa que é referência em medição de velocidade, reflete o investimento que a Claro e a NET têm realizado, em fibra óptica e em 4.5G, para levar sempre as melhores conexões e experiências aos nossos clientes, em casa, nas empresas ou no celular”.
De acordo com a avaliação da empresa, a rede móvel da Claro foi líder em 26 das 27 unidades federativas do Brasil, de janeiro a junho de 2018. Os destaques foram no Paraná e Santa Catarina, onde a operadora alcançou mais que o dobro da velocidade oferecida pela operadora que chegou mais próximo ao segundo lugar. Os índices foram de 108,8% e 104,3% nesses estados.
O CEO da Claro, Paulo Cesar Teixeira, explicou que a implantação até então inédita do 4.5G da Claro no Brasil é o que vem permitindo melhores resultados. “Nossa rede está passando por uma profunda transformação para melhorar ainda mais a performance, a cobertura e a qualidade de sinal. Também inovamos ao incluir ligações ilimitadas e aplicativos de música, vídeo e revistas digitais nos planos, aproveitando as velocidades cada vez maiores de conexão e a evolução dos smartphones”, disse, se referindo às novidades lançadas na última semana.
O 4.5G da Claro, também conhecido tecnicamente como LTE Advanced Pro, utiliza funcionalidades de última geração que permitem mais eficiência espectral. Ao mesmo tempo, usa o MIMO 4×4 (comunicação entre torre e aparelho estabelecidos por 4 antenas de transmissão e 4 antenas de recepção) e modulação 256QAM para downlink e 64QAM para uplink (modulação avançada que permite transmitir mais informação digital em cada unidade de tempo).
A tecnologia foi lançada pela Claro em mais de 150 cidades desde o ano passado.

Para completar, a operadora reforçou que também ativou a frequência de 700MHz em grandes capitais como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e São Paulo, o que permitiu a combinação do espectro adicional na rede 4.5G dessas localidades. A ideia é que além de uma maior capacidade de rede e cobertura, a faixa melhore a intensidade do sinal em ambientes fechados.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
5 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários