Como a Anatel escolhe quem responde a pesquisa de satisfação 2018?

Agência procura fazer a seleção de uma forma que evite resultados tendenciosos para as operadoras.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) já começou a levantar opiniões dos consumidores em relação às suas operadoras no ano de 2018. Respostas sobre atendimento, satisfação, cobranças, reparos e ofertas serão transformadas em dados, que serão divulgados, pelo quarto ano consecutivo, na Pesquisa de Satisfação e Qualidade Percebida.

De julho a novembro, a Anatel ligará para mais de 100 mil consumidores, de 17 operadoras diferentes, e fará uma entrevista de cerca de 12 minutos por telefone, para entender melhor a satisfação de cada um com sua operadora. Mas, como é feita essa seleção de quem responde? E se você quiser participar, pode?



Fizemos essa pergunta à Anatel, que respondeu que não, não é possível que um consumidor participe da pesquisa simplesmente porque deseja participar – a não ser que seja um dos sorteados no processo da agência.
Funciona assim: a agência recebe das operadoras, todos os anos, as informações (nome, telefone de contato, município, etc.) sobre a sua base de clientes, com o objetivo de manter o controle sobre o processo e a validade estatística dos resultados.
LEIA TAMBÉM:
A partir dessa base, a Anatel sorteia, de modo aleatório e em processo totalmente computadorizado, os clientes que serão entrevistados. 
“Esse sorteio é importante para garantir a validade estatística e evitar qualquer tipo de resultado tendencioso”, afirma a agência.
Se por acaso você receber uma ligação da Anatel pelos próximos meses, então saiba que foi uma das pessoas sorteadas. A sua resposta, junto com a de outras centenas de consumidores, pode fazer a diferença na pesquisa deste ano, que será divulgada no primeiro trimestre de 2019.

2 Comentários

  1. Ano passado me ligaram fizeram um extenso questionamento… de fato, são no mínimo 12 minutos, ligaram no celular, a pessoa tem que estar com tempo e estar em um lugar calmo, pois são perguntas um pouco complexas sobre todos os serviços… fixo, celular, banda larga, atendimento… operadoras A, B, C, D… mas creio que é muito válida e um momento importante para expor tudo de melhor ou pior que esteja ocorrendo com o serviço contratado.

  2. A Anatel só fica no quesito teoria , na realidade ela é muito ausente na prática.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*