Qual foi a melhor e a pior operadora de 2017?

Anatel faz ranking entre empresas por serviços prestados; pesquisa entrevistou 140 mil consumidores. 




Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) ouviu 140 mil brasileiros, entre 26 de julho e 3 de dezembro do ano passado, para saber o que eles achavam dos serviços ofertados por suas prestadoras. Calculando-se a média das notas de todos os serviços avaliados das quatro maiores operadoras, a TIM figura no lugar mais alto do pódio, com a melhor média, 7,27. Na sequência, encontra-se Claro (7,13) e Vivo (6,90). A lanterna ficou com a Oi que obteve uma média de 6,44 pontos. 


As perguntas feitas aos consumidores foram baseadas em sete indicadores de qualidade: canais de atendimento, atendimento telefônico, oferta e contratação, funcionamento, cobrança e recarga, reparo e instalação, e capacidade de resolução das demandas dos consumidores. O resultado apontou que a banda larga fixa é o serviço que mais dá dor de cabeça aos clientes. Já a telefonia móvel pós-paga foi a atividade com melhor desempenho em 2017.



Por meio da ‘Pesquisa de Satisfação e Qualidade Percebida 2017’, a Anatel também fez um ranking das operadoras, por meio da média das suas notas por categoria. O resultado mostrou que os prestadores regionais de telecomunicações conseguem atender melhor os clientes, gerando um melhor índice de satisfação do que as operadoras nacionais.

Serviço móvel pós-pago

Para o levantamento da satisfação dos clientes nesse setor, foram entrevistadas 31.467 pessoas. A Porto Seguro foi a operadora mais bem avaliada pelos clientes, recebendo uma nota média de 8,32. A Oi foi citada como a pior operadora nesse quesito, recebendo uma nota de 6,20.

1º lugar: Porto Seguro – 8,32
2º lugar: Vivo – 7,26
3º lugar: TIM – 7,16
4º lugar: Algar – 7,04
5º lugar: Nextel – 7,02
6º lugar: Claro – 7,00
7º lugar: Oi – 6,20


Serviço móvel pré-pago

Para avaliar esse serviço, foram realizadas 30.666 entrevistas. A operadora mais bem avaliada foi a Sercomtel, que atua no interior do Paraná, com 7,71 pontos. A pior oferta ficou novamente com a Oi, com 6,66 pontos. 

1º lugar: Sercomtel – 7,71
2º lugar: Algar – 7,41
3º lugar: Claro – 6,92
4º lugar: Vivo – 6,88
5º lugar: TIM – 6,82
6º lugar: Oi – 6,66

Serviço de telefonia fixa

Foram ouvidas 21.801 pessoas para o levantamento do ranking entre as operadoras. No quesito telefonia fixa, tivemos a Sercomtel novamente com o melhor índice de satisfação (8,00) e a Oi mais uma vez figurou no último lugar do ranking (6,47).

1º lugar: Sercomtel – 8,00
2º lugar: Algar – 7,69
3º lugar: TIM – 7,58
4º lugar: Claro/Net – 7,37
5º lugar: Vivo – 6,96 
6º lugar: Oi – 6,47

Banda larga fixa

As 22.742 pessoas ouvidas elegeram a Cabo Telecom como a melhor prestadora do serviço (7,64). A lanterna, dessa vez, ficou com a Sky (5,38). 

1º lugar: Cabo – 7,64
2º lugar: TIM – 7,54
3º lugar: Brisanet – 7,28
4º lugar: Sercomtel – 6,87
5º lugar: Net – 6,43
6º lugar: Algar – 6,39
7º lugar: Vivo – 6,38
8º lugar: Oi – 5,67
9º lugar: Sky – 5,38

TV por assinatura

As 32.420 pessoas entrevistadas avaliaram o serviço da Nossa TV como o melhor, com uma nota (8,96) muito superior as demais prestadoras. A nota mais baixa foi a da Net (6,61).

1º lugar: Nossa TV – 8,96
2º lugar: Cabo – 7,68
3º lugar: Claro – 7,24
4º lugar: Oi – 7,18
5º lugar: Sky – 7,06
6º lugar: Vivo – 7,02
7º lugar: Algar – 6,87
8º lugar: Net – 6,61



2 Comentários

  1. São todas um lixo! Já fui cliente da Vivo, Oi, Claro e Tim e todas deixam a desejar com despreparo total em atendimento e serviços deficientes aos clientes que pagam planos caros…Como aliás tudo nesse país deixa a desejar!

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*