quarta-feira, 18 de julho de 2018

5 dicas para deixar seu pacote de telefonia mais barato

O que você achou? 
Com essas dicas, a sua fatura irá pesar menos no seu bolso no fim do mês.

Em média, os brasileiros gastam 2,6% do seu salário em pacotes de telecomunicações, segundo informações do Teleco. O percentual representa cerca de R$ 55 por mês. 

O valor médio é relativamente baixo, mas ainda existem pessoas pagando caro por serviços de telefonia que poderiam ser reduzidos.

Se você gasta muito mais do que a média nacional, fique atento às dicas que vamos dar nesse post para que as suas faturas pesem menos no final do mês.

1. Compare todo o mercado


A melhor forma de poupar é conhecer todas as ofertas disponíveis. Mas não basta comparar apenas os preços das grandes operadoras. Vale a pena olhar as ofertas disponíveis pelas prestadoras menores que atendem a sua região.

Sabemos que é difícil comparar os planos de todas as operadoras já que eles estão espalhados por diversos sites de forma desorganizada. Por isso, o Minha Operadora está sempre comparando as ofertas para você, como nesta matéria aqui e nesta outra aqui.

Portanto, evite ficar fidelizado ao seu contrato. Muitas vezes, a sua própria operadora tem planos melhores e você está pagando caro de bobeira.

2. Conheça os seus gastos e necessidades


Pode parecer simples, mas muita gente não conhece seus próprios gastos e necessidades, principalmente quando os planos são voltados para toda a família.

É importante analisar os seus gastos e de seus familiares para perceber onde pode cortar sem afetar os serviços a que tem acesso.

Por exemplo, há pacotes de TV por assinatura que cobram um preço maior para que você tenha acesso a mais canais. Mas será que você e sua família vão mesmo assistir a esses canais extras? 


3. Juntar tudo num só pacote


Em alguns casos é ineficiente ter cada serviço de telecomunicação em operadoras diferentes.

Praticamente todas as operadoras têm ofertas muito melhores para seus serviços quando eles são contratados todos juntos, em um único pacote. 

Isso também vale para as famílias. Muitas vezes, cada indivíduo tem uma conta telefônica em uma operadora. Contratar um plano família que atenda a necessidade de todos provavelmente irá compensar muito mais. 

4. Ter cuidado com as promoções


Promoções devem ser aproveitadas, mas é preciso ter atenção. Se uma oferta de outra operadora lhe atraiu, é preciso verificar se a promoção terá prazo de validade antes de realizar a troca.

Promoção com prazo de validade, quando chegam ao fim, tem o preço elevado, podendo tornar seu plano ainda mais caro que o anterior.

A recomendação é sempre ler as letras 'pequenas' que ficam embaixo dos anúncios para verificar se a promoção em questão é temporária ou não. 

Só depois de se certificar que futuramente você não irá pagar mais é que você deve avançar com a mudança. 

5. Negociar com as operadoras


É muito comum pessoas ligarem para suas operadoras para cancelar um serviço e receberem de volta uma super oferta. 

Se isso acontece é porque as empresas têm uma margem para negociação dos valores, só não consegue melhores preços quem não tenta barganhar.

Como diz o velho ditado: “quem não chora, não mama”. 



Um comentário: