sexta-feira, 6 de abril de 2018

Oi amplia investimentos, mas tem caixa negativo de R$ 977 milhões

O que você achou? 
Operadora reduz caixa pelo terceiro mês consecutivo.

A Oi apresentou, em janeiro de 2018, uma geração negativa de caixa operacional líquida na quantia de R$ 977 milhões. A informação é do demonstrativo publicado na última quarta-feira (4) pelo administrador judicial da companhia, que também mostrou que o valor de investimento e pagamento no mês foi de R$ 3,79 bilhões.

A redução de caixa aconteceu pelo terceiro mês consecutivo e, em dezembro e novembro, havia sido bem menor: R$ 34 milhões e R$ 454 milhões, respectivamente. Em janeiro de 2017, foram R$ 154 milhões. Desta vez, o resultado aparece como o mais fraco desde o início da recuperação judicial da Oi.




A explicação para o caixa negativo seria o aumento de R$ 679 milhões nos pagamentos em janeiro, além dos custos após a incorporação da Oi Internet pela Oi Móvel

LEIA TAMBÉM:

E apesar da queda considerável no caixa, o aumento em pagamentos e investimentos também foi significativo. Somente em investimento, foram R$ 554 milhões em janeiro. Em dezembro, apenas R$ 190 milhões haviam sido investidos. Já os faturamentos aumentaram R$ 100 milhões, chegando a R$ 2,816 bilhões.

De toda forma, a Oi destaca o aumento de investimento, que aparece em um novo ciclo de aceleração em linha com seu plano de recuperação judicial. A operadora também quer se reerguer e visa a estruturação e o fortalecimento de suas operações, como anunciou no relatório.

O saldo final do caixa da operadora em janeiro foi de R$ 6,1 bilhões, quase 11% de queda em relação ao mês anterior. Vale lembrar que, nesta quinta-feira (5), a Oi anunciou que pagou 500 de seus pequenos credores, com um valor total de R$ 51 milhões.


Um comentário: