InícioNotíciasOi investirá em 4G e fibra ótica para se aproximar das concorrentes

Oi investirá em 4G e fibra ótica para se aproximar das concorrentes

Presidente da Oi afirma que é hora de recuperar espaço e colocar a empresa em igualdade com as outras operadoras.
O presente de Natal da Oi finalmente chegou com a aprovação do plano de recuperação judicial da empresa, que foi modificado há algumas semanas para equilibrar os desejos dos credores. O acordo foi fechado depois de 18 meses, mas este é só o começo para a Oi, que agora tem muito mais o que pensar daqui para frente, como, por exemplo, onde investir.

Em entrevista ao Globo, o presidente da Oi, Eurico Teles, afirmou que apesar de não ter capitalização imediata, em 2018 os investimentos já começarão a acontecer. Agora que o plano está aprovado, ele acredita que o mercado volta a ter interesse na companhia, como é o caso do China Development Bank (CDB), que fez uma oferta de linha de crédito de R$ 2 bilhões para o financiamento de investimento.


A prioridade da Oi agora é investir em fibra ótica e na ampliação de cobertura 4G, além de inovação tecnológica. “Ficamos um tempo em dificuldade e nos afastamos um pouco da concorrência. Temos que recuperar espaço novamente e colocar a Oi em igualdade com as outras empresas do setor”, diz Teles.
De R$ 5 bilhões, a expectativa é que os próximos três anos passem a ter valor de investimento superior a R$ 7 bilhões. Após esse período, o atual presidente da companhia acredita que alguma empresa de telecom internacional deve se interessar pela Oi, uma vez que a dívida caiu de R$ 64 bilhões para R$ 21 bilhões.
A operadora, que tem cerca de 130 mil empregados diretos e indiretos, não espera demissões para 2018, assim como afirma não ter acontecido em 2017. O foco é o investimento, a melhoria da qualidade e o atendimento de metas. 
LEIA TAMBÉM:


10 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
10 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários