Aumento em resultados digitais incentivam mudanças da ‘nova Oi’

Vendas on-line da Oi cresceram 59% no ano passado, assim como uso do Minha Oi, Técnico Virtual, boleto digital e trocas de minutos por dados.

“Uma nova Oi surgindo”: foi assim que o presidente da Oi, Eurico Teles, definiu a companhia durante coletiva de imprensa realizada na última semana. Durante o evento, onde a operadora fez diversos lançamentos e uma campanha de transformação digital, a Oi mostrou alguns números positivos que alcançou justamente por ser digital.

Para começar, as vendas pelos canais digitais da empresa cresceram 59,1% de 2016 para 2017. Quanto ao volume de atendimentos digitais no “Minha Oi”, via aplicativo ou desktop, cresceram 64% no ano passado. Foram 80 milhões de interações.






Em média, 81% dos clientes que utilizaram a Minha Oi não efetuaram ligação para o call center em até 24 horas depois do uso da plataforma. Em janeiro de 2018, já foram realizados 11,4 milhões de atendimentos digitais no Minha Oi, o que, para a operadora, evidencia o sucesso da plataforma.
Outro aplicativo da Oi é o Técnico Virtual, que permite ao cliente identificar problemas e solucionar reparos que podem ser necessários em serviços de telefonia fixa, TV por assinatura e banda larga, sem precisar ligar para o atendimento. O app eliminou quase duas milhões de ligações ao telemarketing da operadora, já que foi o número de usuários que fizeram o download desde que foi lançado.
Atualmente, 38% dos atendimentos realizados pelo Técnico Virtual são solucionados sem a necessidade de ligação para o suporte técnico da Oi. Em 2017, 2,7 milhões de chamadas foram evitadas no Suporte Técnico pelo uso do aplicativo, o que equivale à redução de 7% do total de chamadas no ano.
A companhia também aumentou em 70% a penetração de conta on-line em 2017, atingindo 25% de sua base que recebe fatura. Pelo Minha Oi, os clientes têm informações para pagamento de sua conta, recebem por e-mail e SMS e também podem escolher o débito em conta.
LEIA TAMBÉM:

Oi Livre e Mais Controle

De acordo com executivos da Oi, os clientes dos planos Oi Livre, do pré-pago, e o Oi Mais Controle, que agora têm chamadas 100% ilimitadas, também foram beneficiados com as mudanças digitais.
Lançado no final de 2016, o Oi Livre alcançou 18 milhões de clientes. Em 2017, no Dia das Mães, foi lançada a interface digital pelo Minha Oi que permitia a troca de minutos por dados e vice-versa.
Somente naquele ano, 20 milhões de trocas foram feitas. Desse total, 77% disseram preferir trocar voz por dados e 12% fazem essa troca frequentemente. Em média, são quatro por mês.
No Oi Mais Controle, o boleto digital alcançava 280 mil clientes no 4º trimestre de 2017 e, no 1º trimestre de 2018, já há 477 mil. O que significa que 40% da venda dos planos controle já estão neste produto digital. Depois do lançamento do boleto digital, a venda de controle cresceu 32%.
Agora a Oi também lança o pós-pago Oi Mais Digital, que permite o gerenciamento e compartilhamento de dados com até quatro dependentes diretamente pelo Minha Oi, onde há várias novas funcionalidades. A inclusão de conteúdos populares do Fox+, WatchESPN, Discovery Kids ON! e Coleção Oi na plataforma Oi Play também são novidades recentes.
Para a Oi, a ideia da transformação digital é reduzir custos para a empresa e melhorar a qualidade de atendimento e serviços para os clientes. Dos R$ 5,5 bilhões que a companhia já tem para investir, os recursos serão destinados para fibra ótica, 4G e, principalmente, a digitalização.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
10 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários