Oi anuncia investimentos no Piauí e Vivo, no Espírito Santo

A Oi irá focar em expansão da rede de fibra óptica, enquanto a Vivo irá instalar 50 antenas de telefonia móvel e internet 3G em comunidades rurais.



Com o objetivo de melhorar e expandir a rede de fibra óptica e o sinal de internet móvel, a Oi irá investir R$ 80 milhões no Piauí. Já a Vivo irá instalar 50 antenas de telefonia móvel e internet 3G em comunidades rurais do Espírito Santo, totalizando R$ 15 milhões de investimento. 


No Piauí, a região Sul receberá a maior parte do investimento, principalmente nos arredores de Uruçuí, Bom Jesus e São Raimundo Nonato. 


O anúncio foi realizando na última segunda-feira (26) pelo presidente da Oi, Eurico Teles, durante audiência com o governador do Piauí, Wellington Dias.

Conforme o governador, serviços como a telemedicina e o ensino à distância serão os principais beneficiados. 

Inicialmente, a previsão era de que a Oi injetasse R$ 39 milhões no estado. No entanto, a proposta foi dobrada, o que irá garantir a expansão dos serviços prestados pela empresa.

Investimento da Vivo no Espírito Santo



Ao todo, 38 municípios irão receber as 50 antenas de telefonia móvel e internet 3G da Vivo. A previsão é de que todas as torres sejam instaladas nos próximos oito meses.

O anúncio do investimento de R$ 15 milhões foi realizado nesta terça-feira (27) pelo governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, durante a assinatura do termo de compromisso com a Vivo. 

A operadora já está visitando as localidades beneficiadas para definir os melhores pontos para instalação das torres de telefonia, que fazem parte do Programa Campo Digital. 

Conforme o governador, a meta é instalar 100 torres. No entanto, nos dois editais publicados anteriormente para a instalação de mais 50 torres, não houve interessados. 

A Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) abriu um terceiro certame em busca de empresas para a instalação dos equipamentos.

O governador enfatizou que essas torres serão uma oportunidade única de as pessoas da zona rural terem a possibilidade de conexão com a educação e a arte. Por meio do celular, os produtores rurais poderão, por exemplo, saber a cotação do café em tempo real, negociar, vender, trocar informações e muitas outras atividades.

6
Deixe um comentário

avatar
5 Número de Comentários
1 Número de Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Comentário com mais interação
0 Autores de comentários
Rodrigo CostaAnonimoHudson Roger Marques PereiraJunior JJfeQuem sou eu Autores recentes de comentários
  Cadastre-se  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Quem sou eu
Visitante

Paulo Artung meu filho…vivo não…faz negocio com a claro…deixa ela colocar mais antenas aqui na área rural do espirito santo…ai sim o povo da roca vai ver oque e internet de verdade no celular.

Anonimo
Visitante

Assino embaixo. Vivo é só problema. Tim é melhor. Em Soído de Baixo, área rural, há sinal da tim e não da vivo

Junior JJfe
Visitante

Vivo ainda ea melhor,

Hudson Roger Marques Pereira
Visitante

Velocidade 3G já ajuda bastante para quem mora ou vai trabalhar na área rural e ajuda no turismo. Parabéns para o governo do ES que investe para o estado crescer.

Anonimo
Visitante

Faltou dizer quais municípios e/ou locamidades…

Rodrigo Costa
Visitante

Quando que estara disponivel a fibra em Parnaíba-PI? A matéria está mau feita…