Banda larga móvel cresce 10,6% em velocidade no primeiro trimestre

Velocidade média chegou a 5,2 Mbps, contra os 4,7 Mbps do final de 2016.

Enquanto a banda larga fixa sofre para conquistar altos picos de velocidade no Brasil, sendo considerada uma das piores do mundo, chegando a ocupar o posto da 9ª pior em um ranking feito pela empresa de tecnologia americana Akamai, no começo desse ano, a banda larga móvel começou a galgar degraus mais altos.
Ainda que a área de cobertura não seja a ideal para um país como Brasil, o território coberto tem melhorado em infraestrutura, fazendo com que a velocidade da internet usada em smartphones, tablets ou até mesmo modens portáteis, atinjam um padrão de excelência relativamente melhor.
Com isso, o Brasil alcança o oitavo lugar entre as maiores velocidades entre os países do continente americano e o sexto lugar, colocando-o em uma comparação apenas entre países da América Latina.
Estão à frente do acesso móvel brasileiro:
  1. Estados Unidos (10,7 Mbps)
  2. Canadá (10,3 Mbps)
  3. Peru (8,3 Mbps)
  4. México (7,5 Mbps)
  5. Paraguai (7,5 Mbps)
  6. Chile (7,2 Mbps)
  7. Colômbia (6,7 Mbps).
Com o projeto de lei que visa uma maior cooperação entre as operadoras que atuam no Brasil e as novas exigências da Anatel com relação às melhorias que devem ser feitas de acordo com o preparo exigido para receber novas tecnologias, a expectativa é que essa porcentagem aumente cada vez mais.
LEIA TAMBÉM:


No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
0 0 voto
Nota para o redator
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários