Universidades paulistas terão internet de até 40 Gbps

13 instituições de ensino e pesquisa do Estado de São Paulo passarão a contar com internet até 50 vezes mais rápida que a atual. O upgrade anunciado na rede Ipê, dedicada ao uso exclusivamente acadêmico, levará o acesso a até 40 gigabits. 

A iniciativa de ampliar a conexão foi oficializada em Brasília, e aconteceu por meio da parceria da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa com a Anatel/MC e a operadora telefônica Vivo

“A Vivo, em conjunto com a RNP, provisionou essas conexões que vão de 1 Gbps até 40 Gbps, que são velocidades altas. A Anatel foi responsável por todo o procedimento que viabilizou o projeto”, informou o diretor da RNP, Nelson Simões. “Isso significa, para os alunos, professores e os pesquisadores que estão nesses campi, a possibilidade de utilizar vídeos de alta qualidade ao longo de suas atividades acadêmicas.”

Entre os campus beneficiados estão o da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), do Inpe, do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA/MD), o Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI/MCTI), o Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), a Universidade de São Paulo (USP).

Durante o evento, o ministro Marco Antonio Raupp (Ciência, Tecnologia e Inovação) ressaltou a importância de alianças para o desenvolvimento da infraestrutura nacional. “Estamos vivenciando aqui mais um evento da cooperação com o Ministério das Comunicações”, comentou, ao lembrar atividades desenvolvidas conjuntamente pelas pastas, a exemplo do projeto em execução do satélite geoestacionário brasileiro. 

Criado em 2005, o sistema brasileiro de internet acadêmica não comercial é operado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa e supervisionada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).
About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários