GVT deixa assinantes sem acesso a sites internacionais

A semana não começou boa para a GVT. É que desde esta segunda-feira (25) clientes da tele em diversas regiões do país estão encontrando dificuldades em acessar sites e servidores fora do Brasil. O problema parece estar, no entanto, fora da rede da GVT. Especificamente a rede das companhias Level 3 e Global Crossing, que fornecem serviço para a GVT, estão com alguma dificuldade nas suas redes dentro dos EUA. Em nota, a operadora afirma que regularizou a situação.
Um teste rápido usando ferramentas de rede mostrou que um traceroute para o serviço de streaming de música Oi Rdio, que tem servidores nos EUA, atingiu 25% de perda de pacotes, algo alto para esse tipo de acesso. O mesmo aconteceu com o Twitter e Facebook, que atingiram respectivamente 25% e 33% de perdas em testes executados ontem.

As rotas feitas pelos pacotes também não são nada animadoras: no lugar de chegar pelo cabo submarino em Miami, clientes da GVT estão tendo seu tráfego direcionado por terra, o que indicaria potenciais problemas nos cabos submarinos usados pela empresa. A lista de indisponibilidade de redes [caiu] também acusa problemas. Dentre as cidades afetadas estão São Paulo, Florianópolis, Porto Alegre, Santos, Olinda (PE), Brasília, Maringá (PR), Vitória e Belo Horizonte.

A GVT admitiu o problema em um comunicado enviado às 15h09. De acordo com a operadora, a falha ocorre devido a um rompimento de cabo na região de Santos (SP) decorrente de chuva forte e deslizamento de terra. “A transmissão de dados passou a ocorrer por rotas alternativas, existentes para minimizar o impacto em situações como esta, mas alguns clientes foram afetados.”

Clientes da operadora que continuarem enfrentando lentidão em alguns sites podem telefonar para o 103 25.
About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários