sexta-feira, 10 de novembro de 2017

5G Americas destaca a importância do espectro para o 5G

O que você achou? 
Novo relatório da associação destaca atual cenário de espectro para internet móvel. 

Nesta sexta-feira, 10, a 5G Americas, associação setorial e voz da 5G e LTE nas Américas, divulgou um novo relatório que destaca a importância do espectro para o 5G. O documento destaca as necessidades futuras em termos de espectro para a implementação de tecnologias móveis.

O presidente da 5G Americas, Chris Pearson, afirmou que os países ou regiões que quiserem se tornar líderes em tecnologia 5G precisam ter um volume de espectro maior para serviços móveis. O executivo destacou que o momento para se preparar uma estrutura para a nova tecnologia é agora. 


Entre as sugestões dadas, a associação indica que a alocação de espectro deve unir frequências nacionais nacionais e outras soluções globais. Existem diversas possibilidades para a harmonização global dentro das faixas de sintonia das bandas. 

No fim de junho, um estudo da UIT (União Internacional de Telecomunicações) destacou que o Brasil era o único país da América Latina com mais de 30% do espectro radioelétrico, o mínimo necessário para a implantação de redes 5G.  

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário