domingo, 23 de julho de 2017

Xingu Conectado levará internet banda larga para 600 mil pessoas

O que você achou? 
Prysmian Brasil fecha contrato de R$ 2,5 milhões para fornecer fibra óptica aos 12 municípios do Pará envolvidos no projeto.

Nesta semana, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) divulgou que apenas 58% dos municípios brasileiros alcançam serviços de fibra óptica no Brasil. Então, como criar novas maneiras de expandir a banda larga no país? Esse tem sido um tema bastante discutido ultimamente e que tem servido para trazer ideias de novos projetos em território nacional. A última novidade envolve o investimento em um projeto que levará internet para 600 mil pessoas no estado do Pará, ao longo de 12 municípios distintos.

Xingu Conectado” é o nome do projeto da Telebras e da Prodepa (Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará), que acaba de envolver a fornecedora de cabos e sistemas de telecomunicações, Prysmian Brasil. A Prysmian fechou um contrato de R$ 2,5 milhões com a Omega Engenharia e Serviços para oferecer o serviço de fibra óptica à região amazônica do Xingu. No total, o investimento do projeto é de R$ 14 milhões.

A nova rede de banda larga, resultado também de uma ação entre o governo federal e o estado do Pará, terá pelo menos 400 quilômetros de extensão e capacidade de 10 Gbps expansíveis. Com previsão de ser entregue até setembro de 2017, a infraestrutura ainda será compartilhada com as operadoras e todos os provedores da região.

Segundo Reinaldo Jeronymo, diretor de telecomunicações da Prysmian – com sede em Santo André/SP –, a empresa entra no projeto Xingu Conectado para reforçar a liderança no mercado de fibrasz ópticas, e também como forma de mostrar inovação aos clientes brasileiros.

Veja a lista dos municípios beneficiados pela parceria:

  • Altamira
  • Anapu
  • Brasil Novo
  • Gurupá
  • Medicilância
  • Pacajá 
  • Placas
  • Porto de Moz
  • Senador José Porfírio
  • Uruará
  • Vitória do Xingu
  • São Feliz do Xingu

LEIA TAMBÉM: 


Nenhum comentário:

Postar um comentário