28/02/2024

Aprender Conectado entrega 5 mil equipamentos de informática para escolas públicas

Notebook, projetores e carrinhos de armazenamento já fazem parte do dia a dia de 138 escolas de oito municípios que integram o projeto.

No mês de agosto, o Aprender Conectado, projeto que está levando internet de alta velocidade, rede wi-fi e computadores para escolas públicas de todo o Brasil, entrou 5.165 equipamentos de informática em oito unidades de educação básica, beneficiando 31.209 estudantes.

Após a realização das obras da rede externa, que garantiu a chegada da internet de alta velocidade, implantação da rede interna, para oferecer wi-fi em todo o ambiente escolar, finalmente os alunos e professores puderam explorar todas os benefícios da internet com a entrega dos novos notebooks, projetores e telas e carrinhos de armazenamento.

Os equipamentos são fornecidos pela Positivo Tecnologia, que venceu um processo de compra promovido pela Entidade Administradora da Conectividade de Escolas – Eace, responsável pela implantação do Aprender Conectado. Todos os equipamentos têm o selo Aprender Conectado serigrafado, pois só poderão ser usados nas escolas conectadas pelo projeto. A aquisição dos equipamentos foi aprovada pelo Grupo de Acompanhamento de Custeio a Projetos de Conectividade – Gape, presidido pelo conselheiro da Anatel, Vicente Aquino, em maio deste ano.

No projeto piloto do Aprender Conectado foram contemplados dois municípios em cada uma das cinco regiões do Brasil, totalizando 177 escolas. Ao longo do mês, os 5.165 equipamentos chegaram as seguintes cidades: Baía da Traição (PB), Cavalcante (GO), Entre Rios (SC), Santa Luzia do Itanhi (SE), Silva Jardim (RJ), Berilo (MG), Coronel Domingos Soares (PR) e Pau D’Arco (PA).

Além disso, mais duas cidades receberão o kits até o final dessa semana. Os professores ainda passarão por uma capacitação para aprenderem a usar todos os recursos computacionais disponíveis nos equipamentos.

“Com a entrega dos equipamentos estamos finalizando o projeto piloto do Aprender Conectado. Estamos felizes e orgulhosos em termos conseguido concluir essa etapa, que será o grande balizador de todo o projeto. Já estamos bem adiantados com as fases 2 e 3 do Aprender Conectado, com a inclusão e visita a mais de 7 mil escolas públicas das regiões Norte e Nordeste do País”, afirma Paula Martins, CEO da Eace.

Sobre o Aprender Conectado

Composto pela Agencia Nacional de Telecomuncações (Anatel), Ministérios da Educação e das Comunicações, e as empresas vencedoras do leilão 5G faixa de 26 GHz, Algar Telecom, Claro, Vivo, e TIM, o projeto de conectividade das escolas conta com recursos da ordem de R$ 3,1 bilhões definidos como obrigação estabelecida no Edital do 5G para as operadoras. Para definir os critérios e gerir os recursos foram criados o Gape, que tem a missão de fiscalizar, e a Eace, responsável pela execução.

O objetivo é atender todas as escolas dos municípios selecionados, garantindo conexão com alta velocidade mesmo àquelas que não possuem energia. Os critérios de escolha dos municípios levaram em conta o IDH-M (Índice de Desenvolvimento Humano dos Municípios), o percentual de alunos impactados, a densidade SCM (Serviço de Comunicação Multimídia), que revela a disponibilidade pré-existente de infraestrutura de banda larga, e a localização diferenciada em áreas de quilombolas, reservas indígenas e assentamentos.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários