sábado, 18 de janeiro de 2014

Nextel instala 3G em Pernambuco, Goiás, Paraná e no Distrito Federal

O que você achou? 

A Nextel, que anunciou recentemente um acordo com a Telefônica/Vivo para uso das redes WCDMA, iniciará, a partir dessa semana, a oferta de pacotes de internet móvel em Curitiba, Brasília, Goiânia e Recife. A operadora do grupo NII Holding já atuava nas capitais, porém somente com o serviço de rádio (iDEN). 

Nesta primeira etapa do lançamento, a Nextel oferece três opções de planos, de 1GB, 3GB e 5GB, apelidados de P, M e G, com o intuito de facilitar o entendimento dos usuários, segundo a operadora. “Desenvolvemos planos simples para facilitar a escolha dos consumidores e aumentar a presença da operadora no mercado de dados”, afirma Alfredo Ferrari, vice-presidente de Novos Negócios Assuntos Governamentais e Regulatórios da Nextel.

A Nextel ressaltou, em nota, que planeja um crescimento de acessos de maneira contínua, planejada e focada, o que possibilita o dimensionamento correto das redes, aumentando a eficiência da transmissão de dados e a velocidade das conexões. “É esse dimensionamento que definirá o momento correto de ampliarmos a oferta de serviços com a inclusão dos planos de voz 3G”, explica Ferrari.

Venda de smartphones

A Nextel também vai iniciar a venda de smartphones de última geração em suas lojas próprias, como os smartphones da linha Galaxy e o iPhone. Por falar no aparelho da Apple a companhia anunciou que venderá os mais recentes lançamentos da Apple (os iPhones 5C e 5S) a partir do próximo dia 31.

O anúncio foi bem recebido pelo mercado, que há tempos esperava para entender qual seria o rumo tomado pela Nextel. Com a aposta nos smartphones de alto valor agregado, o mercado voltou a ver a companhia com bons olhos. Nos Estados Unidos, a ação da NII Holdings, controladora da Nextel, teve uma forte alta no pregão desta sexta (17). O papel subiu mais de 20% e fechou cotado a pouco menos de US$ 3 na bolsa eletrônica Nasdaq, que reúne ações do setor de tecnologia.

A parceria com a Apple poderá ser usada pela Nextel como uma forma de fidelizar a clientela, uma vez que a procura por esses aparelhos não é pequena. Além disso, a decisão de oferecer esses smartphones representa mais um passo da empresa para se tornar uma operadora como qualquer outra. Como os aparelhos não têm o rádio embutido, como ocorria anteriormente, o acesso ao rádio será feito por meio de um aplicativo desenvolvido pela NII.

Vantagens para a Nextel e para os clientes

           

Durante muito tempo, o grande diferencial da Nextel foi o serviço de rádio, mas a vantagem competitiva se perdeu à medida que as demais operadoras passaram a oferecer ligações grátis dentro de sua rede.

Além disso, a necessidade do cliente migrou para o serviço de dados. Até a semana passada, a rede 3G da Nextel se resumia a São Paulo e Rio. Agora, a conexão com a Vivo vai garantir a continuidade do serviço para o cliente que viajar, já que o 3G da Vivo deve estar em breve disponível para todo o território nacional.

“Com o acordo com a Vivo, a Nextel passou a poder competir em outras áreas”, diz Eduardo Tude, de uma consultoria em telecomunicações. “Fora do Rio e de São Paulo, ela passará a ser uma operadora móvel virtual da Vivo. Ela não tem a cobertura, mas oferecerá o serviço”, diz o consultor.

Ao desenvolver a nova estratégia, a Nextel também terá a vantagem do desconto da taxa de interconexão com outras operadoras, ofertado pela Anatel a operadoras com pequena participação de mercado, por meio do programa do Plano Geral de Metas de Competição. Um exemplo que temos é o da operadora CTBC, que foi beneficiada por essas regras definidas pelo governo. A operadora do Grupo Algar Telecom oferece atualmente uma promoção que permite ligações para celulares de qualquer operadora pagando apenas cerca de R$ 0,20 por chamada.

A Nextel já começou a aproveitar esse benefício liberando chamadas para qualquer operadora em horários específicos, como no período da noite e finais de semana, dependendo do plano escolhido.

E então, será que com todos esses benefícios e com essa intenção da Nextel de oferecer seus serviços ao consumidor final, e não apenas para empresas, a operadora americana deslancha de uma vez por aqui?

Nenhum comentário:

Postar um comentário