11/07/2024

Governo pede ajuda de big techs para ampliar telecom e financiar inclusão digital

Para ministro das comunicações defendeu que as empresas como Meta e Amazon auxiliem o setor de telecom na expansão e inclusão.

O Ministro das Comunicações, Juscelino Filho, defendeu que as grandes plataformas de internet, como Google, Apple, Facebook e Amazon, ajudem a expandir a infraestrutura de telecomunicações para promover a inclusão digital no Brasil.

Durante a abertura do workshop “Tecnologia das Comunicações: Inclusão digital e as big techs”, organizado pelo Grupo Globo em Brasília, Juscelino destacou a importância dessas empresas em conectar pessoas e ideias, e a oportunidade de reduzir disparidades regionais de acesso à internet.

“Essas big techs, como o Google, Apple, Facebook e Amazon, desempenham um papel crucial na formação do nosso futuro digital. Elas têm o poder de conectar pessoas, ideias e oportunidades como nunca antes. E é aqui que vemos uma oportunidade única: a de trazer essas gigantes da tecnologia para contribuir de forma a expandir a infraestrutura digital, reduzir as disparidades regionais de acesso à internet e promover a inclusão digital que tanto desejamos.”

O Ministério das Comunicações se comprometeu a liderar o debate sobre a contribuição justa das empresas de tecnologia para financiar políticas de inclusão digital, especialmente nas áreas mais remotas.

O ministro ainda destacou a importância dessas empresas contribuírem de forma equitativa e mencionou que globalmente há discussões sobre justiça tributária no setor.

Ele citou a União Europeia, que considera as contribuições das plataformas digitais para um fundo de inclusão digital, e os Estados Unidos, onde as operadoras de telecomunicações solicitaram à Comissão Federal de Comunicações que as grandes empresas de tecnologia também contribuam para o fundo de universalização do acesso à banda larga.

O workshop também contou com a participação do secretário de Telecomunicações, Hermano Tercius, no painel “O papel das big techs na ampliação da inclusão digital”. Tercius destacou a importância de levar infraestrutura e letramento digital a todo o país, sugerindo que as taxas pagas pelas empresas do setor sejam reinvestidas para promover uma inclusão digital justa e benéfica para o ecossistema.

“Existe um sentimento de que parte da contribuição dessas empresas fique no setor, para que seja feita a inclusão digital, de forma mais justa e que traga maior benefício para o ecossistema”.

ViaMCom
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários