11/07/2024

5G terá 5,6 bilhões de usuários em 2029, segundo estudo da Ericsson

Segundo a fornecedora sueca, a tecnologia móvel alcançou 160 milhões de assinantes no planeta no primeiro trimestre do ano.

Nesta semana, a Ericsson divulgou o Ericsson Mobility Report, um relatório da fornecedora sueca que apresenta estimativas sobre o 5G pelo mundo. Segundo o estudo, até o final de 2029, a tecnologia vai alcançar 5,6 bilhões de assinaturas, representando 60% dos acessos móveis. A penetração deverá chegar a 90% na América do Norte, com projeção de participação 5G de 52% na América Latina.

Somente no primeiro trimestre deste ano, o 5G atingiu 1,7 bilhão de usuários. No período de janeiro a março, 160 milhões de usuários passaram a utilizar a tecnologia móvel mais moderna. A projeção da Ericsson é que o ano de 2024 terminará com um total de 600 milhões de novas assinaturas.

Nos próximos cinco anos, a pesquisa aponta que a cobertura global do 5G fora da China continental deve duplicar, passando de 40%, no fim do ano passado, para 80%, em 2029. Já o tráfego de dados móveis está previsto para crescer a uma taxa de crescimento anual composta de cerca de 20% até o final de 2029, estima a fornecedora, prevendo uma desaceleração do ritmo global de crescimento.

O estudo indica que entre março de 2023 e março de 2024 houve um crescimento de dados móveis em 25%, em razão da migração de assinantes para o 5G e por conta dos serviços que exigem uso intenso de dados, como conteúdos em vídeo, segundo a Ericsson. No fim do ano passado, vídeos representavam 73% do tráfego de dados em redes móveis em todo o mundo.

Segundo a fornecedora, em 2023, cerca de um quarto de todos os dados de redes móveis já era processado por redes 5G. A previsão é que esse número cresça para cerca de 75% até o final de 2029, também com ajuda de ofertas de banda larga fixa sem fio (FWA).

“Existem grandes variações regionais na proporção de prestadores de serviços adotando o FWA. Na América Latina, a adoção total da tecnologia é de 51%, enquanto 18% oferecem serviços acima de 5G e 23% de prestadores de serviços que oferecem serviços baseados em velocidade”, afirma o estudo.

A fabricante aponta um otimismo no relatório em relação ao mercado de smartphones. Com a inserção de recursos Inteligência Artificial (IA) generativa, os consumidores têm sido atraídos, revitalizando o mercado de celulares inteligentes.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários