05/04/2024

Vodafone encerra operações na Itália após venda de 8 bilhões de euros

Operadora Vodafone, após se desfazer da porção da empresa na Espanha, abriu mão da parte da companhia na Itália.

A Vodafone, empresa britânica de telecomunicações, tomou a decisão de encerrar suas operações na Itália após vender sua unidade na Espanha. Eles fecharam um contrato de 8 bilhões de euros com a operadora suíça Swisscom, transferindo 100% do ativo.

Como parte do acordo, a Vodafone continuará a fornecer alguns serviços à Swisscom por até cinco anos, recebendo 350 milhões de euros no primeiro ano após a conclusão do negócio. Essa movimentação estratégica visa ajustar o portfólio da empresa e fortalecer suas operações em outros mercados.

As empresas têm a responsabilidade de cooperar em várias áreas além da Itália, incluindo tecnologia de Internet das Coisas (IoT), soluções e serviços empresariais, compras, operações e roaming.

A Vodafone Itália é uma provedora de serviços de telecomunicações que oferecia uma ampla gama de serviços de telefonia móvel e fixa para consumidores e empresas em todo o território italiano. No entanto, apesar de sua importância estratégica, a unidade italiana não estava mais alinhada com os planos globais da empresa matriz.

Como resultado, a Vodafone Itália foi incluída no projeto de reestruturação anunciado pela empresa há aproximadamente um ano. Este projeto visa realinhar as operações da empresa e otimizar sua eficiência e eficácia em todas as áreas de atuação.

Em outubro do ano passado, a Vodafone fechou um acordo de 5 bilhões de euros com a Zegona Communications para vender sua subsidiária na Espanha, antes de anunciar sua saída do mercado italiano. A transação para a unidade italiana ainda está sujeita a análise regulatória.

A CEO da Vodafone, Margherita Della Valle, anunciou que as transações na Itália e na Espanha gerarão mais de 12 bilhões de euros à companhia. Destes, 4 bilhões de euros serão devolvidos aos acionistas por meio da recompra de ações.

Ela destacou que isso marca o terceiro e último passo na remodelação das operações europeias da empresa. Della Valle enfatizou o foco futuro da Vodafone em mercados de telecomunicações em crescimento, onde a empresa mantém posições fortes, visando um crescimento mais robusto e previsível na Europa.

Ela também mencionou a aceleração no segmento B2B, visando ganhar participação em um mercado de serviços digitais em expansão.

“Hoje, anuncio o terceiro e último passo na remodelação das nossas operações europeias. No futuro, os nossos negócios irão operar em mercados de telecomunicações em crescimento – onde mantemos posições fortes –, o que nos permitirá proporcionar um crescimento mais forte e previsível na Europa”.

Atualmente, a Vodafone está focada em finalizar a fusão com a operadora móvel Three no Reino Unido, enquanto também busca expandir sua presença no mercado corporativo. A partir de 1º de abril, a empresa reorganizará suas operações em cinco divisões: Alemanha; Mercados Europeus, África; Vodafone Negócios; e Vodafone Investimentos.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários