18/04/2024

Anatel disponibiliza nova base de dados no Portal Brasileiro de Dados Abertos

Agência Nacional de Telecomunicações compartilhou um novo ambiente de compartilhamento de dados abertos ao público.

A Anatel lançou uma nova base de dados no Portal Brasileiro de Dados Abertos, contendo informações sobre o Plano de Atribuição, Destinação e Distribuição de Faixas de Frequências no Brasil (PDFF).

Segundo a agência essas informações são fundamentais para estabelecer quais frequências são atribuídas e destinadas aos serviços de radiocomunicações e telecomunicações no país, tornando-se uma importante ferramenta para profissionais do setor.

“O PDFF é o instrumento pelo qual a Agência estabelece quais frequências são atribuídas e destinadas aos serviços de radiocomunicações e de telecomunicações no território nacional. Portanto, é uma das normas para a gestão do espectro de radiofrequência no Brasil e uma importante ferramenta de trabalho aos profissionais das telecomunicações.”

Os dados do Plano de Destinação e Frequências de Radiocomunicação (PDFF) estão organizados em um arquivo compactado no formato .zip, contendo quatro planilhas em formato .csv (valores separados por vírgulas).

  1. Atribuição de Frequências do Brasil (Atribuicao_BR_CSV.csv):
    Esta planilha contém informações sobre a atribuição de frequências no Brasil, especificando os serviços de radiocomunicação definidos pela União Internacional de Telecomunicações (UIT). Aqui, são detalhadas as alocações de espectro radioelétrico para diversos serviços de comunicação.
  2. Atribuição de Frequências para a Região 2 (Atribuicao_R2CSV.csv):
    Nesta planilha, estão registrados os dados de atribuição de frequências para a Região 2, uma divisão estabelecida pela União Internacional de Telecomunicações (UIT) que abrange as Américas Central, do Norte e do Sul, além de algumas ilhas no Atlântico e no Pacífico. Ela apresenta as alocações de espectro radioelétrico para os diferentes serviços de comunicação nessa região.
  3. Destinação de Frequências (Destinacao_CSV.csv):
    Aqui são apresentados os dados referentes à destinação de frequências. A coluna de destinação detalha os serviços de telecomunicações definidos pelo Brasil, incluindo a distribuição de canais conforme os Planos Básicos de Radiodifusão. Esta planilha fornece informações essenciais sobre como o espectro radioelétrico é atribuído para diferentes usos no país.
  4. Notas de Rodapé da UIT (Notas_CSV.csv):
    Esta planilha contém as notas de rodapé da União Internacional de Telecomunicações (UIT) relacionadas à atribuição de frequências que são adotadas pelo Brasil. Aqui, são detalhados os contextos e regulamentos específicos referentes às alocações de espectro radioelétrico conforme estabelecido pelas diretrizes internacionais da UIT. Essas notas são importantes para compreender os critérios e normas seguidos pelo país na gestão do espectro de frequências.

O Plano de Destinação e Frequências do Espectro Radioelétrico (PDFF) é o documento regulamentar no Brasil responsável por atribuir e destinar faixas de radiofrequências. Ele visa facilitar a visualização dos serviços dentro do espectro radioelétrico e o planejamento do uso das radiofrequências no país.

Este plano está alinhado com o Plano de Dados Abertos da Anatel para o período de 2022 a 2024. As bases de dados do PDFF estão disponíveis para consulta em planilhas abertas no formato .csv, acompanhadas por glossários para auxiliar na compreensão e uso dos dados. Para mais informações sobre os Planos de Dados Abertos da Anatel, consulte a seção correspondente no portal da Anatel na internet.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários