21/02/2024

Porta-voz da Meta recebe ordem de prisão; entenda o que houve

Funcionário da Meta, empresa dona do Facebook e Instagram, se encontra em situação internacional complicada.

Um tribunal em Moscou anunciou hoje que decidiu ordenar a prisão em ausência de Andy Stone, o porta-voz da Meta Platforms, a empresa que é dona do Facebook, WhatsApp, Instagram e Threads, por um período de dois meses. Essa medida foi tomada enquanto aguardam o julgamento das acusações que pesam sobre ele, as quais estão relacionadas ao terrorismo.

Prisão

A Meta Platforms, empresa dirigida por Mark Zuckerberg, não emitiu uma resposta imediata ao pedido de comentário da Reuters sobre essa questão. Por sua vez, Andy Stone optou por não fazer nenhum comentário a respeito.

A relação entre a Rússia e a Meta vem se deteriorando, especialmente após a invasão da Ucrânia em fevereiro de 2022. Como parte dessa tensão crescente, as principais redes sociais da Meta, o Facebook e o Instagram, foram proibidas no país logo após o início do conflito. Posteriormente, a Meta foi considerada culpada de “atividades extremistas” na Rússia, intensificando ainda mais as tensões entre a empresa e o governo russo.

O Ministério do Interior da Rússia iniciou uma investigação criminal contra Stone no final do ano passado. Nesse processo, não foram divulgadas acusações específicas contra ele.

O Tribunal Distrital de Basmanny, localizado em Moscou, anunciou na segunda-feira que Stone está sendo acusado de uma série de crimes relacionados ao terrorismo. Essas acusações incluem a promoção de atividades terroristas, fazer apelos públicos para a realização de atividades terroristas, justificar publicamente o terrorismo ou propagar o terrorismo, além de fazer apelos públicos para atividades extremistas.

Além disso, o tribunal informou que Stone foi incluído em listas de procurados tanto dentro da Rússia quanto internacionalmente. Isso sugere que há um interesse considerável em detê-lo para responder às acusações feitas contra ele.

ViaUol
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários