21/02/2024

O que diz a Claro sobre o fim do acesso ilimitado aos apps, como Instagram?

Em repaginação de planos móveis, a operadora adotou nova política, onde apps, como YouTube, Instagram e TikTok, passam a ter acesso limitado.

Assim como vinha sendo discutido pelas empresas de telefonia celular nos últimos meses, o acesso ilimitado para aplicativos de redes sociais, como o WhatsApp, Instagram e TikTok, está passando por algumas mudanças nos serviços móveis. A abordagem já está sendo realizada pela operadora Claro, que anunciou uma repaginação na oferta dos seus planos móveis para 2024 e já inclui uma nova política.

De acordo com operadora, ao Teletime, esta alteração não foi feita de forma avulsa, e sim com base em estudos de mercado e em tendência de consumo. Nessa mudança, somente a modalidade de WhatsApp ilimitado não sofreu alteração, pois seu acesso continua não sendo descontado da franquia de internet do plano, mas só enquanto a franquia de dados do cliente estiver ativa.

A Claro ainda explicou que para traçar a nova abordagem, considerou também a análise de necessidades e percepções dos clientes.

“Essa atualização é parte da estratégia da Claro de oferecer a melhor opção em voz e Internet móvel, além de refletir a crescente demanda por dados e aplicativos especialmente entre clientes que já aderiram à tecnologia 5G, na qual a Claro foi pioneira e vem liderando o crescimento de mercado”, explicou.

Quando se trata de outras redes sociais, como YouTube, Instagram, TikTok, Facebook e X (ex-Twitter), a Claro explicou que haverá uma franquia de dados adicional para acessar esses apps, mas nos planos controle, que vão até 25 GB. Nesse caso, os aplicativos de games, como Free Fire, Asphalt 9 e Pokémon GO, também serão descontados dessa franquia extra. Se o cliente usar toda essa franquia, passará a ser usado o limite tradicional.

A política muda quando se trata dos planos pós, que vão de 25 GB a 300 GB de Internet. Nesse caso, haverá o Extraplay, que “dobra a quantidade de dados já contratada, e que agora passa a contar com acesso às redes sociais, como Instagram, X (ex-Twitter), Facebook e TikTok, além de apps de conteúdo, como YouTube, Netflix, Globoplay e Claro tv+, entre outros”, informou a Claro.

De acordo com a operadora, os clientes não serão forçados a fazer a migração para os novos planos com a nova política. Ou seja, os clientes com planos antigos continuarão tendo as mesmas condições e benefícios adquiridos no momento de contratação anterior. Só haverá alteração, se o cliente decidir trocar de plano.

13 COMENTÁRIOS

Se inscrever
Notificar de
guest
13 Comentários
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários