Claro apresenta instabilidade no interior de São Paulo nesta segunda (28)

Cidades afetadas foram Rio Preto, Ribeirão Preto, Franca, Araraquara, Catanduva, Bebedouro, Campinas e São Carlos.

Nesta segunda-feira (28), a Claro apresentou instabilidade na telefonia móvel e falha geral e na internet fixa em algumas cidades do interior de São Paulo. Os locais afetados foram Rio Preto, Ribeirão Preto, Franca, Araraquara, Catanduva, Bebedouro, Campinas e São Carlos.

claro-notificada-ministerio-justica
Foto: Reprodução Internet

Foram os suários da operadora Claro que usaram as redes sociais para relatar instabilidades em alguns serviços na manhã desta segunda-feira, 28. Segundo o site Downdetector, plataforma online que fornece aos usuários informações em tempo real sobre o status de vários sites e serviços, as reclamações começaram por volta das 6h. O pico foi às 9h.

Ao meio dia, as reclamações continuavam, mas em menor quantidade. Por volta das 18h, os problrmas foram resolvidos.

falha claro
Foto: Reprodução Downdetector

Os problemas mais notificados foram: 53% telefonia móvel, 29% em falha geral e 18% na internet fixa.

claro1
Foto: Reprodução Downdetector

Em nota, a Claro assumiu a instabilidade e disse: “Por conta de uma instabilidade pontual na manhã desta segunda-feira (28), alguns clientes podem ter enfrentado dificuldades para acessar os serviços de voz e dados na cidade, por um breve período”.

“A Claro reforça que suas equipes técnicas atuaram imediatamente para a normalização dos serviços no menor tempo possível”, finaliza em nota.

INSTABILIDADE

As últimas reclamações feitas pelos usuários da Claro, aconteceram no dia 10 de março. Na ocasião, a operadora ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter após internautas usarem a rede social para reclamarem de instabilidade em serviços da empresa. Entre eles, está falha na internet e dificuldades em realizar chamadas.

A plataforma Downdetector, especializada em registros de quedas de serviços, somou 77 notificações de clientes da operadora, às 13h47. Ao todo, 47% das reclamações são sobre serviço de internet,  35% chamadas telefônicas e 18% falha geral.

A grande maioria dos usuários do Twitter disse que o 4G não estava funcionando. Outros alegaram que não estavam conseguindo fazer chamadas pelos aparelhos celulares.

Com as reclamações em alta, alguns usuários disseram que receberam uma mensagem informando problema na rede nos smartphones. “Temporariamente desativado para sua operadora”.

Carolina Veneroso
Carolina Veneroso
Jornalista, formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atua como repórter, redatora e com produção de conteúdo há 5 anos. Apaixonada por entrevistar e conhecer pessoas e novas histórias.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x