16/06/2024

Microsoft anuncia alto investimento na Alemanha: cerca de 3,2 bilhões de euros

Grande empresa de tecnologia, a Microsoft, divulgou que vai investir grandes valores em terreno europeu, mais precisamente na Alemanha.

A empresa Microsoft vai gastar muito dinheiro na Alemanha nos próximos dois anos. Eles planejam investir cerca de 3,2 bilhões de euros, o que é uma quantia enorme. Esse dinheiro será usado principalmente em um tipo de tecnologia chamada inteligência artificial, que é sobre ensinar computadores a pensar e aprender como humanos.

Alemanha

Este investimento é importante para a Alemanha, que é o maior país da Europa em termos de economia. Atualmente, a economia da Alemanha está enfrentando problemas sérios, como a pior queda em 20 anos. Portanto, este investimento da Microsoft pode ajudar a impulsionar a economia alemã, trazendo mais empregos e oportunidades para as pessoas.

A Microsoft está planejando fazer o seu maior investimento na Alemanha nos últimos 40 anos. Isso significa que eles vão gastar mais dinheiro do que nunca antes no país. O presidente da Microsoft, Brad Smith, explicou que esse investimento será usado para aumentar a capacidade de sua infraestrutura de inteligência artificial (IA) e centros de dados na Alemanha. Eles querem tornar esses sistemas de IA e centros de dados ainda melhores e mais eficientes. Além disso, a Microsoft também planeja expandir seus programas de treinamento na Alemanha. Isso significa que eles vão oferecer mais oportunidades de aprendizado para as pessoas na área de tecnologia.

Brad Smith explicou que eles estão fazendo esse investimento porque têm muita confiança na Alemanha. Ele elogiou a economia alemã, que é conhecida por suas exportações e por estar sempre na vanguarda da mudança tecnológica. Isso significa que a Alemanha é um país muito avançado quando se trata de usar e desenvolver novas tecnologias. Então, a Microsoft quer investir mais na Alemanha para fazer parte desse progresso tecnológico e contribuir para a economia do país.

Smith destacou que a Alemanha está em segundo lugar na Europa quando se trata da criação de aplicativos que utilizam inteligência artificial. Isso significa que as empresas na Alemanha estão desenvolvendo muitos aplicativos que usam tecnologia inteligente. No entanto, ele também apontou que a Alemanha está em 11º lugar na Europa em termos de habilidades em inteligência artificial. Isso significa que, embora muitas empresas estejam utilizando essa tecnologia, ainda há espaço para melhorias nas habilidades em inteligência artificial na Alemanha.

O chanceler alemão, Olaf Scholz, expressou sua opinião sobre esse investimento, chamando-o de um voto de confiança na Alemanha. Ele também mencionou que o país tem visto recentemente investimentos significativos em setores como baterias, chips e produtos farmacêuticos. Isso mostra que outros setores também estão recebendo atenção e investimento, o que é positivo para a economia alemã.

Scholz, buscando aumentar o atrativo comercial da Alemanha, admitiu que o país está enfrentando os impactos do crescimento econômico global mais lento. Ele expressou otimismo, esperando um retorno ao crescimento mais rápido, afirmando que as empresas que investiram ou planejam investir na Alemanha estarão bem posicionadas quando isso acontecer.

A Confederação Alemã das Câmaras de Indústria e Comércio (DIHK) previu uma contração de 0,5% na economia alemã para este ano, marcando o segundo ano consecutivo de recessão e a pior queda em 20 anos. Empresas têm solicitado que o governo de Scholz reforme o sistema de impostos e reduza a burocracia. No ano passado, a fabricante de chips taiwanesa TSMC e a Intel comprometeram-se com a Alemanha, com apoio substancial do governo.

ViaUol
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários