21/04/2024

MCom participa de evento de desenvolvimento de novas tecnologias

Tecnologias como Inteligência Artifical e Internet das Coisas foram pautas do evento que contou com o apoio do Ministério das Comunicações.

Na segunda-feira, dia 19, Hermano Tercius, que é o Secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações, esteve presente no lançamento do programa AiotLab Brasil, sediado na Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). Este programa é uma colaboração entre a universidade e a JumpCorp, com o objetivo de impulsionar o desenvolvimento de tecnologias relacionadas à Internet das Coisas (IoT) e à Inteligência Artificial (IA).

evento

Durante o evento, Tercius destacou a importância da combinação entre IA e IoT, ressaltando que essa sinergia pode gerar produtos e soluções altamente inovadores e disruptivos. Ele também enfatizou a necessidade de dados de alta qualidade e em grande quantidade para aproveitar todo o potencial da IA. Segundo ele, a infraestrutura é fundamental para sustentar o crescimento exponencial dessas tecnologias, atuando como uma espécie de espinha dorsal para o desenvolvimento e a aplicação eficaz das mesmas.

“A combinação das tecnologias de Inteligência Artificial com as de Internet das Coisas tem a capacidade de criar produtos e soluções cada vez mais disruptivas. Ao mesmo tempo, para alcançar todo o potencial da IA, precisamos de dados de alta qualidade e em grande quantidade. Nossa infraestrutura é a espinha dorsal que sustenta o crescimento exponencial dessa tecnologia”.

O objetivo do programa é fornecer capacitação para profissionais que desejam criar tecnologias nas áreas de Inteligência Artificial (IA) e Internet das Coisas (IoT). As soluções desenvolvidas durante o programa serão implementadas pelas empresas que possuem acordos com a universidade. Nesta fase inicial, participam do programa empresas como Nokia, Qualcomm, American Tower, Constanta, Everynet, Khomp, Semtech e TIP Telecom, juntamente com a AWS Academy da Amazon e a Associação Brasileira de Internet das Coisas (Abinc). Estas entidades oferecem suporte a projetos de IoT e IA na PUC-Campinas.

De acordo com o secretário, a combinação da Inteligência Artificial com a Internet das Coisas promete agregar valor para os clientes em diversos setores. Entretanto, conferir inteligência quase humana aos objetos traz consigo novos desafios éticos, os quais a sociedade inevitavelmente terá que enfrentar.

“Impulsionar o desenvolvimento da Internet das Coisas e associado à Inteligência Artificial não é apenas uma oportunidade para o setor de telecomunicações, é uma responsabilidade. Temos a oportunidade única de moldar o futuro digital e ajudar a construir um mundo mais conectado, inteligente e sustentável para as gerações futuras. Propiciar esse ambiente favorável é missão do Ministério das Comunicações”.

O Ministério das Comunicações afirma que está empenhado em enfrentar desafios por meio de programas e ações, incluindo a Estratégia Nacional de Conectividade de Escolas (Enec), que visa proporcionar conectividade em banda larga de qualidade para mais de 138 mil escolas públicas brasileiras de educação básica. O secretário destaca a necessidade de conectar quase 200 escolas por dia útil até a conclusão do projeto. Além disso, a Enec também impulsionará a expansão da infraestrutura de telecomunicações para regiões atualmente carentes desses serviços.

ViaMCom
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários