03/03/2024

IDC prevê receita de US$ 220 mi em redes privativas no Brasil em 2024

Análise feita pela IDC América Latina prevê uma movimentação de US$ 220 milhões no mercado de redes privativas do Brasil em 2024.

A IDC América Latina publicou um estudo em que avalia a possibilidade do setor de redes celulares privativas no Brasil movimentar o equivalente a US$ 220 milhões em 2024. A análise feita pelos especialistas considera as categorias wireless, serviços profissionais e serviços gerenciados. O relatório referente ao ano passado traz alguns indicadores interessantes sobre essas redes, modalidade projetada especialmente para uso no ramo comercial.

As redes privativas são redes de comunicação dedicadas, que operam em frequências licenciadas ou licenciadas compartilhadas, e que fornecem conectividade para empresas, órgãos governamentais e outros tipos de organizações. Elas são utilizadas para uma variedade de aplicações, como interconexão de filiais e escritórios remotos, serviços de voz, dados e IoT, aplicações de segurança e vigilância, conectividade industrial, etc.

A IDC destaca que o segmento de redes corporativas é o maior mercado de redes privativas no Brasil, e representa cerca de 80% do total da receita. No entanto, os segmentos de governo e industrial também estão crescendo rapidamente, e devem representar cerca de 15% e 5% da receita, respectivamente, em 2024.

A projeção é que o mercado cresça a uma taxa composta anual de 32,4% no período de 2022 a 2026. Segundo Luciano Ramos, diretor de telecom da IDC América Latina, as empresas privadas podem ampliar nos próximos meses o uso das redes móveis no setor privado, com destaque para progressos em Internet das Coisas (“IoT”, na sigla em inglês) e o modelo network as a service (NaaS).

Ramos aproveitou para pontuar alguns dados levantados pelo estudo, como o fato de que 48% dos líderes de TI foram abordados sobre redes privativas, mas apenas 6% possuem um sólido conhecimento sobre o tema, podendo dificultar a implementação.

O mercado de redes privativas no Brasil é um mercado emergente, mas apresenta um grande potencial de crescimento. As empresas que estão investindo em redes privativas estão bem posicionadas para aproveitar as oportunidades de crescimento deste mercado.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários