18/04/2024

Roraima sortudo? Entenda motivo de não ter faltado luz por lá nesta terça, 15

Falta de luz que gerou caos em praticamente todo o Brasil só não afetou Roraima e o motivo disso é muito simples.

Diferentemente dos outros estados brasileiros, que foram impactados pelo apagão ocorrido nesta terça, 15, Roraima permaneceu com o fornecimento de energia elétrica inalterado. Isso se deve à sua independência do Sistema Interligado Nacional (SIN), o qual engloba a maioria das regiões do país em um sistema interconectado de geração e distribuição de energia elétrica.

Roraima

Em Roraima, a geração de energia não está vinculada ao SIN, e o estado depende principalmente das termelétricas locais para a produção de eletricidade. A empresa responsável por essa geração é a Roraima Energia. Ao contrário das outras áreas que tiveram sua eletricidade afetada pelo apagão, Roraima possui uma infraestrutura energética que se mostrou resiliente à falha que ocorreu.

No entanto, o apagão teve um impacto significativo em outras partes do país. De acordo com um levantamento realizado pelo portal de notícias G1, o Distrito Federal e 25 estados brasileiros foram afetados pelo evento. Tanto o Operador Nacional do Sistema (ONS) quanto o Ministério de Minas e Energia confirmaram que o apagão teve início às 8h31, porém, até o momento, a causa específica desse incidente ainda não foi divulgada.

“Informamos que Roraima é o único estado não interligado ao Sistema Interligado Nacional-SIN, por isso não houve impacto”, disse em nota a Roraima Energia.

Apesar da “sorte” neste apagão, Roraima já passou por sitações complicadas

Apesar de não estar conectado ao Sistema Interligado Nacional (SIN), o qual é responsável pela distribuição de energia elétrica no Brasil, o estado de Roraima não experimentou os efeitos do apagão que ocorreu nesta terça-feira, mas a região enfrenta frequentes episódios de interrupções no fornecimento de energia. Um exemplo notável ocorreu no mês de abril, quando o estado enfrentou uma situação de falta de energia que perdurou por um período de 5 horas.

Por um período que se estendeu por mais de 18 anos, o estado de Roraima contou com o fornecimento de energia proveniente da Venezuela. Contudo, essa situação sofreu uma mudança em março de 2019, quando a Venezuela interrompeu o envio de energia para o estado. A partir desse momento, a responsabilidade pelo fornecimento de energia elétrica aos 15 municípios do estado passou para a Roraima Energia.

O conjunto de usinas de geração de energia térmica do estado é composto por 17 Centrais Geradoras Termelétricas (UTEs) e uma Pequena Central Hidrelétrica (PCH). Essas instalações têm a capacidade de produzir, em média, 200 megawatts de energia por dia (dados específicos sobre as unidades podem ser encontrados abaixo). No total, cerca de 176 mil consumidores no estado dependem desse sistema para suprir suas necessidades energéticas.

A resolução para conectar a região de Roraima ao sistema elétrico nacional é a construção do linhão de Tucuruí. Após anos de impasse, no início deste mês, o presidente Lula, filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT), autorizou oficialmente o início das obras por meio de uma ordem de serviço. Esse linhão de transmissão terá a função de estabelecer a ligação entre as cidades de Manaus e Boa Vista, além de conectar Roraima ao Sistema Interligado Nacional (SIN). A construção dessa linha de transmissão é uma demanda antiga do governo estadual, que enfrenta frequentes problemas de falta de energia. Apesar de ser um projeto há muito tempo almejado, ele ainda não havia saído do papel até este momento.

  • Usinas termelétricas de Roraima
  • PCH Jatapu
  • UTE Monte Cristo I
  • UTE Monte Cristo II
  • UTE Distrito I
  • UTE Distrito II
  • UTE Novo Paraíso
  • UTE Sucuba
  • UTE Jaguatirica
  • UTE BBF Baliza
  • UTE BBF Forte São Joaquim
  • UTE Palmaplan
  • UTE Oxe Bonfim
  • UTE Oxe Cantá
  • UTE Oxe Pau Rainha
  • UTE Oxe Santa Luzia
  • UTE Xavante Pacaraima
  • UTE Xavante Uiramutã
  • UTE Xavante Amajarí
ViaG1
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários