13/06/2024

Anatel irá liberar faixa do 5G para novas cidades, incluindo as portuárias

De acordo com a agência, cidades portuárias e voltadas para a agropecuária estão incluídas nessa nova liberação.

Com uma nova liberação, cidades portuárias ccomo Paranaguá (no Paraná), Tubarão (Santa Catarina) e Aracruz (Espírito Santo) terão o sinal do 5G pronto para ser ativados pelas operadoras. Essas localidades estão dentro dos 102 novos municípios que terão a tecnologia liberada na próxima semana pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Também estão inclusas nessa nova levada, Altamira (no Pará), onde está a usina de Belo Monte, além de cidades voltadas para a agropecuária como Toledo (PR), Sinop (Mato Grosso) e Barretos (São Paulo).

Moisés Queiroz, conselheiro da Anatel, afirma que essas localidades, juntas, somam mais de R$ 134 milhões do PIB (Produto Interno Bruto). Ele ainda fala da relevância do 5G para essa verticais economia, para além dos benefícios levados para o cidadão.

A liberação da faixa e implementação da rede 5G no país é acompanhada pelo Gaispi, que com a nova liberação, serão 1.712 municípios liberados com o 5G. Segundo dados da Anatel, a população totaliza mais de 145 milhões de brasileiros, representando 69,3% da população do país. Até então, a tecnologia está operando em 199 cidades.

Até julho de 2024, o esperado é que outros 1275 municípios já estejam com o 5G liberado. Mas para isso, vale lembrar que a limpeza da faixa de 3,5 GHz, que é exclusiva da rede, é necessária a troca das antenas parabólicas pelo kit de TV Digital, para evitar interferência no sinal de TV. Queiroz lembra que já foram instalados mais de 15 mil filtros, dos 19.309 planejados.

Outro ponto que deve ser lembrado é que, mesmo com a liberação da faixa, a ativação do serviço depende da estratégia de cada operadora que possui licença para operar nessas localidades. E mesmo assim, para acessar a rede, o usuário precisa ter um smartphone compatível com o 5G.

Para estimular a saída desses dispositivos, as empresas estão recorrendo a promoções e descontos. De acordo com a IDC Brasil, no primeiro trimestre do ano, houve uma queda de 31% no preço médio dos aparelhos 5G. Andria Chopra, ainda afirma que até o final do ano, o preço médio deve cair cerca de 30%, no comparativo com o período do ano anterior.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários