22/05/2024

Banco do Brasil testa internet da Starlink em agências com conectividade limitada

Segundo Jayran Nascimento, gerente-executivo do banco, o serviço da Starlink tem dado uma resposta positiva em torno de 100 Mbps.

Mais um banco está testando o serviço de internet banda larga via satélite da Stalk, empresa do bilionário Elon Musk. Dessa vez, é o Banco do Brasil que está levando a conectividade para locais sem internet. O piloto está funcionando com cinco carretas, que se transformaram em agências ‘andantes’ para o agronegócio.

O piloto também está atendendo a algumas agências onde a internet por fibra óptica, 4G e 5G é limitada. Segundo Jayran Nascimento, gerente-executivo do Banco do Brasil, o serviço da Starlink, onde está sendo testado, tem atendido às necessidades do banco, dentro das suas características, e tem dado uma resposta positiva em torno de 100 Mbps.

Jayran Nascimento, que participou do Tech Bank Fórum, organizado pela Network Eventos, fala de áreas que são desafiadoras. “A conectividade ainda é um desafio, principalmente no Nordeste e na região Norte. Nem todo lugar tem rede“, diz à CDTV.

Ao ser questionado sobre o movimento de alguns que estão trocando o Wi-Fi e a fibra óptica pelo 5G, o gerente foi questionado se o Banco do Brasil fará o mesmo. Segundo ele, a quinta geração de internet móvel não veio para ocupar tecnologias que já existem, mas virá a somar. “Não vejo o 5G substituindo o que existe, mas se somando para fazer a melhor performance“.

Ele citou que a tecnologia é uma opção da instituição em casos em que há dificuldade de acesso terrestre ou interrupção de fibra óptica, por exemplo.

Durante a entrevista, ele foi questionado sobre uma “aplicação matadora” que ele sente falta no 5G. Nascimento explica que no segmento business to business (B2B), a tecnologia será voltada para as redes privadas, enquanto que no setor de B2C (business to consumer), ele acredita que haverá um aumento das aplicações com realidade aumentada.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários