13/07/2024

Polícia Legislativa investiga surto de clonagem de WhatsApp de senadores

Parlamentares relataram que suas contas estão sendo invadidas e golpistas estão pedindo dinheiro a contatos de agenda.

Desde esta quarta-feira (10) que diversos senadores relataram que tiveram suas contas no aplicativo WhatsApp clonados, e os golpistas pediram dinheiro para os nomes que constam nas listas de contatos das vítimas. Ao longo da semana, alguns parlamentares foram alvo da prática ilegal, como Augusta Brito, Humberto Costa, Omar Aziz e Davi Alcolumbre.

Segundo os parlamentares, desde o meio da semana que se viram diante de mensagens e links tentando invadir seus aparelhos. Inclusive, alguns ainda alegam que tinham o duplo grau de segurança e não compartilharam senha ou clicaram em qualquer link. Segundo o senador Omar Aziz, os golpistas enviaram torpedo solicitando telefone de lideranças políticas do Amazonas.

Nesta sexta-feira (12) o senador Davi Alcolumbre (União Brasil-AP), falou em seu Twitter que sua conta no WhatsApp havia sido clonada. Segundo ele, alguns de seus contatos estavam “recebendo mensagens solicitando transferência de valores”.

Com a frequência do ocorrido, a Polícia Legislativa alertou aos senadores do aumento da aplicação dos golpes e pediu que chequem se estão com as duplas verificações ativadas. “A Polícia do Senado informa que foram registradas diversas tentativas de golpes a partir das contas de WhatsApp de Senadores”, disse a polícia em mensagem enviada aos gabinetes dos congressistas.

De acordo com a mensagem, “os cibercriminosos estão conseguindo fazer na operadora de celular a transferência da linha telefônica do chip da vítima para um outro chip, e, já na posse da linha, sequestram a conta de WhatsApp para aplicar golpes”.

WhatsApp grava áudio sem autorização

Usuários têm compartilhado nas redes sociais um bug no WhatsApp em aparelho Android, que estaria fazendo gravações com o microfone, mesmo sem autorização, durante o sono, por exemplo.

A situação chamou mais a atenção quando Elon Musk, dono do Twitter, compartilhou o questionamento de seu funcionário dizendo que o “WhatsApp não é confiável”. A falha no WhatsApp em aparelhos Android foi confirmada pelo Google, que disse ter aberto uma investigação para corrigir o bug.

FonteTerra
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários