23/02/2024

Oi recebe Prêmio Cultura da Paz 2022 por app de solução de conflitos

Operadora Oi celebra o reconhecimento de ter ganhado um prêmio pela elaboração de um aplicativo solucionador de problemas.

A Oi recebeu o Prêmio Cultura da Paz 2022 por causa de um aplicativo de solução de conflitos. A operadora celebrou esse reconhecimento e em material enviado para a imprensa explicou mais detalhes do projeto vencedor. 

Oi

Segundo a Oi, nos primeiros trinta dias de utilização da ferramenta em todo o Brasil, foram celebrados mais de mil acordos, alcançando 45% da meta estabelecida para o saving de 2021, superando todas as expectativas da companhia

Conheça mais sobre o app de soluções da Oi que foi premiado 

O projeto “App Preposto Digital” foi classificado em 1º lugar na categoria “Inovação em solução consensual de conflitos” e o projeto “Whatsapp Conciliação Oi” foi indicado para receber “Menção Honrosa” no III Prêmio Cultura da Paz 2022, organizado pela Comissão de Mediação e Métodos Consensuais da OAB/RJ, na categoria “Inovação em Solução Consensual de Conflitos”. 

Desenvolvido pela Oi, o Aplicativo Preposto Digital é uma ferramenta digital, disponível para os sistemas operacionais iOS e Android e criada especificamente para ser usada pelos prepostos da companhia, no tratamento de processos judiciais e extrajudiciais, viabilizando a realização de acordos mais assertivos e visando sempre o bem-estar e entrega de melhores resultados.

Nos primeiros trinta dias de utilização da ferramenta em todo o Brasil, foram celebrados mais de mil acordos, alcançando 45% da meta estabelecida para o saving de 2021, superando todas as expectativas da companhia. No ano de 2022, a meta estabelecida pela companhia foi superada em 47%, trazendo uma economia de milhões de reais para a Oi.

A diretora Jurídica Civil da Oi, Elen Marques Souto , explicou que o App é uma ferramenta ágil, que facilita o trabalho, já que fica disponível na palma da mão do preposto. 

“O perfil colaborativo da Oi, a busca pela celebração de acordos, por soluções rápidas, por um rigoroso controle de custos, pelo aprimoramento do trabalho junto aos tribunais judiciais e dos órgãos de defesa do consumidor contribuíram fortemente para o desenvolvimento desse aplicativo”.

Segundo ela, a iniciativa surgiu em meio a pandemia do Covid19, situação nova e atípica, que levou a necessidade de uma atuação totalmente virtual e à distância. 

“Essa situação, tão crítica, acabou tornando possível mapear com mais clareza as principais questões relacionadas às atividades dos prepostos, no que se refere a participação em audiências, alçadas para acordos, melhores práticas, satisfação dos clientes, necessidade de comunicação entre as equipes, possibilidade de trabalho online e off-line, entrega de resultados, dentre outras”.

Como é o app

A ferramenta conta com três abas para o tratamento dos processos (Pauta, Ilha de Negociação (Acordos pré-sentença) e Pós Sentença), onde estão disponíveis informações de datas, locais e horários designados para as audiências, documentações necessárias, tais como número do processo, vara/ juizado, sala da audiência, nome do autor, CPF, nome do advogado, documentos de inicial e apuração, dentre outros.  

Além dessas informações, ao consultar o processo os profissionais têm acesso a um modelo estatístico, que apresenta as médias de acordo e condenações locais e a sugestão para proposta de acordo. 

Este modelo, operado por um cientista de dados, utiliza mais de 30 variáveis que capturam as particularidades da natureza dos processos, da estrutura judicial, dos autores, dos advogados dos autores, dos prepostos, dos advogados da Oi e dos juízes. Diz a Oi que esse é uma forma prática, onde com o resultado dos modelos, os prepostos têm mais insumos para propor acordos mais vantajosos para o cliente e para a Oi.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários