10/04/2024

Faixa 26 GHz da Vivo é destinada a estádios e eventos

Destinação da faixa 26 GHz pelo Vivo foi anunciada essa semana durante live. A empresa anunciou também que tem investido no 5G.

A Vivo (Telefônica), anunciou que vai utilizar a faixa 26 GHz para eventos de grande porte e em estádios. A faixa foi adquirida no último leilão da Anatel, Agência Nacional de Telecomunicações. A informação foi anunciada por Alex Salgado, vice-presidente de B2B da empresa, durante a última quinta-feira, 15, em live realizada pela consultoria PwC.

Vivo

Segundo Alex, essa cobertura deve atender o consumidor final, mas há interesse em liberar novos casos de utilização da internet 5G de alta capacidade no país. 

O vice-presidente afirmou que eles estão trabalhando na homologação de dispositivos de realidade aumentada e virtual, além de drones também. Ele diz que haverá um volume de dispositivos chegando durante 2023, como câmeras de segurança. Veja a fala dele:

“Trabalhamos na homologação de dispositivos de realidade aumentada, realidade virtual, drones. Teremos um volume de dispositivos relevante chegando no próximo ano, câmeras de segurança e monitoramento, dispositivos que viabilizam soluções por terem processamento na ponta”, disse. 

Sobre uso da faixa 26 GHz estádios e grandes eventos 

Alex afirmou também que a conexão em estádios através da faixa 26 GHz vai acontecer antes da utilização para o varejo de sistemas FWA, a banda larga fixa que vem do 5G, ou da construção de backhaul de antenas celulares em antenas 5G SA que trabalham em outras faixas que são inter relacionadas com o sinal dos rádios de 26 GHz. 

A operadora deve buscar novos segmentos de mercado antes de lançar os produtos da nova faixa adquirida. Esses novos nichos são os que usam o 5G para conexão, sem a necessidade de usar um celular. 

O começo de tudo será o lançamento de um notebook que tem acesso a rede móvel 5G como se estivesse conectada a uma rede sem fio Wi-Fi. A empresa afirmou que esse produto chega ao mercado em outubro. 

E Alex lembrou que a operadora tem buscado cada vez mais parcerias para desenvolver o uso da internet 5G. Alguns exemplos são os acordos com o aeroporto de Belo Horizonte (MG) e com o Hospital Albert Einstein. Parcerias como essas incluem o desenvolvimento de produtos para logística e saúde, além de outras que incluem o segmento da indústria 4.0 e do agronegócio.

2 COMENTÁRIOS

Se inscrever
Notificar de
guest
2 Comentários
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários