24/02/2024

SKY faz acordo e passa a ofertar banda larga por meio da FiBrasil

Como se trata de um acordo não-exclusivo, a operadora poderá incluir outros provedores de redes neutras para oferecer o mesmo serviço

Assim como anunciamos semana passada, a SKY anunciou sua oferta de serviços de banda larga por meio de redes neutras. No entanto, ainda não tínhamos informação de qual empresa iria fornecer a estrutura, e nesta segunda-feira (15), foi divulgado que a oferta inicial será realizada pelas redes de fibra óptica da FiBrasil. De acordo com fontes do mercado, nesse princípio, serão 70 cidades, mas deve chegar a 170 no final do ano.

Nesse primeiro momento, a cobertura da FiBrasil não inclui as principais capitais, exceto Manaus, Belém, São Luís e Teresina, sendo que o perfil dos municípios cobertura é majoritariamente de cidades médias e pequenas. No entanto, a empresa tem planos de expandir e, nas cidades em que opera, a SKY terá plena liberdade de concorrer com a Vivo (que é acionista da FiBrasil).

De acordo com declaração do presidente da SKY, a oferta poderá incluir outros provedores de redes neutras, não sendo assim exclusividade da FiBrasil. Segundo o Teletime, a FiBrasil saiu a frente devido a possibilidade de ativar o serviço imediatamente, por meio de APIs.

Inicialmente, serão ofertados planos de 200 Mbps e 400 Mbps, com valores promocionais de R$ 89,90 e R$ 129,90, respectivamente. Além disso, o cliente não precisará se preocupar com a instalação, pois será realizada pela equipe da SKY, desde a conexão do poste a casa (Drop de fibra) a caixa dentro da residência. A nível de competição a capilaridade da rede de instalação é um dos pontos competitivos, além de um dos principais canais de venda de serviços.

Atualmente, a operadora conta com cerca de 4,1 milhões de clientes de TV por assinatura via satélite, além do serviço de streaming DIRECTV GO. Na banda larga com tecnologia LTE (4G), a operadora tem cerca de 150 mil usuários, por meio de terminais fixos. Não há informações se a SKY pretende oferecer serviço combinado com o streaming e a banda larga.

Vale lembrar que a operadora adquiriu recentemente a base de assinantes de DTH da Oi TV, cuja operação deve ser concluída até o final do ano e depende ainda da aprovação da Anatel e do Cade.

1 COMENTÁRIO

Se inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários