21/02/2024

Mais três capitais poderão ter 5G na próxima semana

Presidente do Gaispi, Moises Moreira, informou que os testes de eventuais interferências no sinal foram iniciados nesta terça-feira, 09.

Nesta terça-feira (09), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou que a partir da próxima terça-feira (16 de agosto) mais três capitais brasileiras receberão o sinal da quinta geração de internet móvel, a versão SA do 5G: Salvador, Goiânia e Curitiba. Com isso, as três farão parte do grupo seleto de capitais que já contam com a tecnologia: Brasília, São Paulo, João Pessoa, Belo Horizonte e Porto Alegre.

De acordo com o conselheiro da Anatel Moisés Queiroz Moreira, responsável pelo Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz (Gaispi), os testes para analisar eventuais interferências no sinal já foram iniciados nesta terça-feira.

Dessa forma, se tudo estiver dentro daquilo que está planejado, haverá a liberação da faixa para que as operadoras já possam ofertar comercialmente o 5G nessas cidades, cuja decisão será definida em reunião marcada para acontecer na próxima sexta-feira (12).

Entretanto, assim como ocorre nas capitais que recebem a nova rede, no início a transmissão dos sinais será propagada em bairros e pontos específicos. Ou seja, não terá uma cobertura que atenda toda a cidade, mas a expectativa é que ela vá aumentando com o passar do tempo.

Inicialmente, a cidade do Rio de Janeiro está nesta lista contendo Salvador, Goiânia e Curitiba, mas a capital ficará sem a cobertura 5G, por enquanto. Segundo o conselheiro, a expectativa é ter a rede em todas as capitais até o final de agosto , com exceção de Manaus e Belém, que podem ter o prazo prorrogado por mais 60 dias.

“Algumas cidades estão enfrentando mais dificuldades logísticas. Se fala muito em Manaus e Belém. Na reunião de sexta-feira, quero ter essas informações já levantadas. E, se for o caso, vou pedir ao conselho da Anatel a prorrogação do prazo”, afirmou.

Na reunião que será realizada na sexta-feira, também será discutida a prorrogação de prazo para que todas as capitais tenham o sinal 5G ativado. Já houve uma prorrogação do cronograma para final de setembro, mas será discutido novamente se haverá necessidade de estabelecer uma nova data para lançar a rede nas capitais brasileiras.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários