Região Norte tem o maior número de escolas sem internet; veja o ranking

De acordo com o novo painel de dados da Anatel, escolas da região Norte são as que possuem maior número de escolas sem internet.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) lançou nesta sexta-feira (8), o painel de dados ‘Conectividade nas Escolas’, que reúne diversas informações sobre o acesso das instituições públicas de ensino à Internet, considerando dados coletados por diferentes órgãos e levantamentos, como o Censo Escolar, os compromissos decorrentes do Edital do Leilão de 4G e o medidor de velocidade do NIC.BR, por exemplo.

Segundo a entidade federal, a estruturação dos dados foi feita por iniciativa do Grupo de Acompanhamento do Custeio a Projetos de Conectividade de Escolas (Gape), criado em atendimento ao Edital do Leilão de 5G com intuito de apurar se as operadoras vencedoras do edital estão cumprindo com a diretriz que prevê investimentos de R$ 3,1 bilhões para levar conectividade às escolas públicas.

Entre as informações levantadas, estão: número de escolas no país, escolas sem internet, sem laboratório de informática e sem energia elétrica, pontos em que a região Norte do Brasil apresenta maior déficit e falta de inclusão se comparada com outras regiões, principalmente Centro-Oeste, Sudeste e Sul.

Número de escolas

De acordo com os números, os estados de São Paulo, Bahia e Minas Gerais são os que possuem maior número de escolas, somando 18.939, 13.549 e 12.037 unidades de ensino, respectivamente.

Escolas sem internet

O estudo sobre as escolas sem internet evidencia que cerca da metade das instituições de ensino de estados do Norte não possuem acesso à Internet e laboratório de informática para uso dos estudantes ou professores.

No primeiro quesito, o Acre é o estado que detém o maior número de unidades escolares sem internet banda larga, atingindo 53,9% do total. Em segundo lugar está o Amazonas, com pouco mais da metade (51,3%) das escolas sem conexão, superando Roraima, que possui 42% das unidades de ensino sem internet.

escolas-brasileiras-sem-internet
Ranking de escolas brasileiras sem acesso à Internet.

Invertendo o cenário, isto é, analisando as regiões e estados que possuem as menores taxas de colégios sem conexão temos: Goiás, Distrito Federal e Mato Grosso do Sul empatados com 0,3%, superando o Rio Grande do Sul (0,5%) e Paraná, com 0,7%.

Em paralelo a essa informação, a Anatel também mostra o índice de escolas que não possuem laboratório de informática. Novamente, as regiões Norte e Nordeste se destacam devido ao número de escolas sem laboratórios, com os seguintes estados ocupando as três colocações iniciais, nesta ordem: Acre (90,9%), Maranhão (89,6%) e Pará (86,1%).

Ranking de descolas brasileiras sem laboratório de informática.

Escolas sem energia elétrica

De mesmo modo que nos apontamentos anteriores, neste o Norte também volta a liderar, desta vez referente ao número de colégios sem energia elétrica. O estado que apresenta maior porcentagem é o Acre, com 35,3%, seguido por Roraima (21,5%) e Amazonas, que ocupa a terceira posição com 19,9%.

Estados como São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Alagoas, Minas Gerais, entre outros, não possuem colégios sem energia.

Ranking das escolas sem energia elétrica.

Esforços do governo federal

Conforme reforça o ministro das Comunicações, Fábio Faria, o governo vem trabalhando para reduzir a disparidade na conexão das escolas de diferentes regiões do país, principalmente no Norte e Nordeste.

Esse feito deve ser alcançado por meio de iniciativas governamentais como o programa “Conecta Brasil“, que leva internet via satélite para localidades remotas”, e por meio da entrega de computadores pelo Ministério das Comunicações à escolas públicas.

Lucas Ribeiro
Lucas Ribeiro
Jornalista há quatro anos, trabalho com revisão de textos e elaboração de pautas sobre telefonia móvel/telecomunicações no geral. Como lema, compartilho a ideia de Álvaro Borba, que diz: “Não importa o que eu acho, importa o que eu sei, e o que sei são os fatos”.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x