Grupo TIM anuncia plano de transformação; saiba se afeta os negócios no Brasil

Empresa de telecomunicações divulgou medidas que deverão ser realizadas pelo CEO Pietro Labriola para reduzir o endividamento da companhia.

Por meio de Comunicado ao Mercado, o Grupo TIM, controlador da TIM Brasil, divulgou nesta quinta-feira (07), seu plano de transformação, que será apresentado durante a Capital Market Day Conference Call. O objetivo do plano é reduzir o nível de endividamento da empresa, que está avaliado em 23 bilhões de euros (R$ 127 bilhões).

Para isso, o Conselho de Administração da TIM Itália conferiu mandato ao CEO, Pietro Labriola, para realizar todas as atividades necessárias para atingir o objetivo estratégico de integrar verticalmente e reduzir as dívidas da empresa, por meio da transferência e valorização de certos ativos do Grupo TIM.

O plano de transformação divulgado prevê a potencial separação de ativos de infraestrutura de rede fixa (NetCo) de serviços (ServiceCo com TIM Consumer, TIM Enterprise e TIM Brasil) e delineia para cada entidade o modelo de negócios apropriado, o perímetro de negócios e as prioridades estratégicas, bem como a forma como poderão competir nos mercados relevantes para gerar mais valor.

De forma imediata, a medida transfere, ao menos, 11 bilhões de euros (R$ 60,7 bilhões) da dívida para a NetCo. Dentro das articulações, a TIM Enterprise incluirá todas as atividades comerciais do mercado Enterprise, as empresas digitais Noovle S.p.A., Olivetti & Co., S.p.A. e Telsy S.p.A., bem como os ativos de data center.

Já a TIM Consumer abrange todas as atividades comerciais fixas e móveis nos mercados de Consumo (varejo) e Pequenas e Médias Empresas (SMB). Inclui os ativos de rede móvel e plataformas de serviço.

Mas será que esse plano de transformação irá afetar a operação da TIM no mercado brasileiro? Segundo o comunicado, para a TIM Brasil não há modificações de escopo, estratégia e gestão. Ou seja, se trata de uma reestruturação interna do negócio do Grupo TIM Itália.

Ainda segundo o comunicado, o plano de transformação permitirá a melhoria do desempenho operacional, com foco econômico-financeiro específico para cada entidade e atrair novos parceiros industriais e financeiros, possibilitando a aceleração dos processos de inovação e o desenvolvimento de uma nova oferta de negócios voltada para a transição digital.

“Com a nova organização prevista no plano, também será possível aproveitar ao máximo as oportunidades oferecidas pela transição digital e, ao mesmo tempo, alcançar uma estrutura de capital sustentável, graças a um importante caminho de melhoria da posição financeira que prevê a desconsolidação da rede fixa e a potencial entrada de novos acionistas minoritários na TIM Enterprise”, finaliza o comunicado.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore. E-mail para contato: [email protected]

4 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
4 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
4
0
O que você acha? Comente!x