Eutelsat confirma interesse em realizar fusão com a OneWeb

Operadora de satélite já detém 23% do capital social da OneWeb, com a fusão, cada uma teria 50% das ações da empresa combinada.

Nos últimos dias surgiram rumores de que a operadora de satélite Eutelsat e OneWeb poderiam se fundir, mas deixou de ser um rumor com a confirmação da operadora em seu interesse na fusão entre as duas empresas. No entanto, não há informações se realmente a operação irá acontecer.

“Após recentes rumores de mercado, a Eutelsat Communications confirma que se engajou em discussões com seus co-acionistas da OneWeb sobre uma potencial combinação de todas as ações para criar um líder global em conectividade com atividades GEO/LEO complementares”, diz o comunicado.

Segundo a Eutelsat, com a fusão entre as duas empresas, a nova entidade seria a primeira operadora de satélite multi-órbida a fornecer soluções GEO e LEO integradas. Dessa forma, estaria posicionada para atender um mercado de conectividade via satélite que estima valer US$ 16 bilhões até 2030.

Nos últimos meses, a OneWeb tem experimentado um forte impulso no mercado. Dona de uma rede LEO de cobertura global, a empresa pretende fomentar a conectividade global usando uma constelação de centenas de satélites LEO por meio do seu serviço que está previsto para ser implantado em 2023.

Na semana passada, a One Web recebeu direito de exploração da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para a Wolrdvu Satellites, sistema de satélites não-geoestacionários. Serão 774 artefatos de baixa órbita que usarão a faixa de frequência 27,5 GHz.

Detendo 23% do capital social, a Eutelsat é acionista da OneWeb desde abril de 2021, sendo que com os termos da transação em discussão, os acionistas da Eutelsat e da OneWeb deteriam, cada uma, 50% das ações da nova empresa combinada.

Entretanto, antes de qualquer coisa, a operação, caso venha a ocorrer, deve passar ainda pelo crivo e aprovação da maioria necessária dos acionistas da Eutelsat, assim como ser aprovado pelos órgãos antitruste e regulatórias relevantes, incluindo investimento estrangeiro.

“Não há garantia de que essas discussões resultarão em qualquer acordo. A Eutelsat informará o mercado assim que houver novos desenvolvimentos”, conclui a empresa, no comunicado.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore. E-mail para contato: [email protected]
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x