03/07/2022

Dados de 53 mil clientes são vazados após falha do Bradesco

Relembre outros casos de dados de clientes vazados em grandes empresas.

Na última sexta-feira (13), foi anunciado pelo Bradesco que sua subsidiária Bradesco Financiamentos S.A. constatou um incidente que pode ter violado dados de 53 mil clientes. De acordo com o banco, a suspeita de exposição de dados se limitou ao Bradesco Financiamentos.  

Mais um! Novo vazamento expõe dados de 112 milhões de brasileiros
Foto: Reprodução Internet

Em comunicado ao mercado, a rede bancária disse que a falha “poderia permitir a visualização não autorizada de dados de aproximadamente 53 mil contratos de financiamento de veículos de clientes”. Embora as informações vazadas não incluíssem dados negociáveis, os clientes do vazamento foram avisados para ficarem atentos a golpes.

O comunicado destacou que “a natureza dos dados visualizados não compromete a integridade do acesso desses clientes aos sistemas de negociação por meio do Bradesco Financiamentos”.

O banco também afirma que “aumentou seu compromisso com a transparência e a segurança dos dados dos clientes”.

RELEMBRE OUTROS CASOS

Tem sido comum dados de clientes de grandes empresas vazarem, o que sabemos não é o ideal, claro.

A Apple e a Meta (Facebook) enviaram dados sigilosos de usuários para hackers em meados de 2021, contendo informações incluindo endereço, número de telefone e endereço IP de clientes. O compartilhamento de informações foi feito pelas próprias empresas em resposta às “solicitações de dados de emergência” forjadas.

Em março deste ano, o Lapsus$ Group, grupo hacker que invadiu o ConecteSUS e outros sites famosos recentemente, fizeram uma nova vítima. Trata-se da grande Microsoft. Os invasores divulgaram, em seu canal do Telegram, capturas de tela que indicam que eles invadiram um servidor Azure DevOps que contém códigos-fonte de vários serviços da companhia, incluindo Bing e Cortana.

Também em março, o Mercado Livre informou que os dados de cerca de 300 mil usuários foram acessados. A plataforma de e-commerce informou ainda que detectou que parte de seu código-fonte foi alvo de acesso não autorizado por hackers.

No começo do mesmo mês, o Banco Central (BC) informou que houve o vazamento de dados de natureza cadastral relacionados a 2.112 chaves PIX de clientes da instituição financeira Logbank Soluções em Pagamentos S/A. De acordo com a instituição, nenhum dado sensível foi exposto, sendo que foram vazados informações como nome de usuário, CPF, instituição de relacionamento e número de conta.

Carolina Veneroso
Carolina Veneroso
Jornalista, formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atua como repórter, redatora e com produção de conteúdo há 5 anos. Apaixonada por entrevistar e conhecer pessoas e novas histórias.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x