03/07/2022

Cinemark faz testes com a Netflix para lançar seus filmes nos cinemas

Cinemark também vem experimentando preços dinâmicos para os consumidores.

Durante a Conferência Global de Tecnologia, Mídia e Comunicações do J.P. Morgan, realizada nesta terça-feira (24), o CEO do Cinemark, Sean Gamble disse que continua vendo um aumento no interesse dos consumidores em assistir filmes do streamings nos cinemas.

netflix-esculachada-por-internautas
Foto: Reprodução Internet

No futuro, o Cinemark continuará experimentando preços dinâmicos e apresentando filmes de plataformas de streaming nos cinemas.

Gamble espera que a audiência suba ainda mais com o lançamento de “grandes filmes atraentes”, como Top Gun: Maverick, que ele acredita ter um potencial particular para mudar o mix de público.

No entanto, Gamble observa que houve um retorno mais amplo aos filmes fora dos gêneros de super-heróis e blockbusters, com filmes menores como Dog e Everything Everywhere All at Once apresentando em “níveis significativos”.

Em seu recente relatório de ganhos, o Cinemark destacou a forte resposta do público aos lançamentos de filmes nos três meses encerrados em 31 de março, mas também alertou que as datas de lançamento dos filmes foram alteradas para 2023 de 2022 devido a atrasos de produção relacionados ao COVID-19. Isso significa que espera-se que 2022 permaneça abaixo dos níveis pré-pandêmicos.

À medida que o comportamento do consumidor muda ao longo da pandemia, Gamble continua acreditando na janela de lançamento nos cinemas de 45 dias, bem como em uma janela mais flexível para filmes menores ou intermediários.

“Estamos vendo pelo menos a maioria das bilheterias acontecer nos primeiros 45 dias”, disse Gamble. “Então, aqueles filmes que tiveram essa janela, como mencionei, os vimos atuando em níveis pré-pandêmicos ou melhores.”

Durante a pandemia, o Cinemark também passou por uma fase de testes com a Netflix para experimentar lançar seus filmes nos cinemas. O Cinemark estava interessado em exibir esses filmes nos cinemas há muito tempo, disse Gamble, mas anteriormente não conseguiu concordar com os termos e as janelas de lançamento.

Agora, Gamble acredita que há uma “oportunidade real” para a Netflix trabalhar com expositores devido ao aumento do número de longas-metragens da plataforma, bem como à crescente concorrência no espaço de streaming.

O Cinemark também vem experimentando preços dinâmicos para os consumidores. A cadeia de cinemas não divulgaria suas descobertas para “fins competitivos”, mas os executivos disseram estar satisfeitos com os resultados até agora.

“Nós vemos isso como uma oportunidade chave para nós daqui para frente”, disse Melissa Thomas, diretora financeira do Cinemark.

Carolina Veneroso
Carolina Veneroso
Jornalista, formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atua como repórter, redatora e com produção de conteúdo há 5 anos. Apaixonada por entrevistar e conhecer pessoas e novas histórias.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x