22/05/2022

Claro já desembolsou cerca de R$ 3,24 bilhões por sua parte na Oi Móvel

Com a aquisição, a operadora irá adicionar na sua base 12,9 milhões de assinantes provenientes da unidade Oi Móvel.

Assim como era esperado, nesta quarta-feira (20), foi concluída a operação de venda da unidade móvel da Oi para a TIM, Vivo e Claro, sendo que cada operadora ficou com uma fatia dos ativos. No total, a transação foi avaliada em R$ 17,15 bilhões, sendo que o valor pago pelas compradoras foi de R$ 15,92 bilhões, dos quais R$ 14,47 bilhões já foram pagos.

Com isso, a Claro receberá aproximadamente 12,9 milhões de clientes provenientes da Oi, nas regiões Sudeste, Sul, Norte e Nordeste.

O valor total da operadora para a Claro foi de R$ 3,57 bilhões, onde já foi desembolsado o valor de R$ 3,246 bilhões. Os outros R$ 324,6 milhões ficarão temporariamente retidos para eventuais ajustes de preços mediante condições previstas no contrato.

A Claro também já realizou o pagamento de R$ 187,7 milhões relacionados a serviços de transição dos ativos que serão prestados nos próximos 12 meses, contando a partir da data do fechamento pela Oi.

A operadora também anunciou que firmou contrato de fornecimento de capacidade de transmissão de sinal de telecom em regime de exploração industrial em valor presente líquido (VPL) de cerca de R$ 164 milhões, que serão pagos à Oi pelo período de três anos.

Nesse mesmo dia, a operadora pertencente ao grupo mexicamoa America Móvil reafirmou que

“a aquisição agregará valor para a companhia e seus acionistas por meio da oportunidade de aceleração do seu crescimento e do aumento da eficiência operacional por meio de sinergias; para seus clientes, incluindo os clientes da Oi, pois a transação promoverá ganhos na experiência de uso e na qualidade do serviço prestado; e para o setor como um todo, que será reforçado na sua capacidade de investimento, inovação tecnológica e competitividade.”

Por meio de comunicado, a tele que nessa primeira parte de integração não haverá alteração para os atuais clientes da Oi, pois os planos, números, cobertura de rede e canal de atendimento continuarão os mesmos. Todo o processo de integração será realizado de forma gradual, automática e transparente.

“A Claro vem se preparando para receber os novos clientes e ofertar serviços móveis com excelência em todas essas regiões. Continuamos investindo muito em expansão de cobertura e qualidade de sinal na nossa rede, usando sempre tecnologia de ponta. A Claro tem os clientes mais satisfeitos na telefonia móvel segundo a pesquisa da Anatel divulgada recentemente e também recebemos reconhecimentos importantes do mercado, como o de rede móvel mais rápida do Brasil segundo o Speedtest”, explica Paulo Cesar Teixeira, CEO da Claro para o mercado de consumo e PME.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários